15:32 19 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 e Brasil em meados de dezembro (59)
    034
    Nos siga no

    Morreu neste domingo (20), no Rio de Janeiro, a atriz Nicette Bruno, vítima de complicações decorrentes da COVID-19, doença contra a qual lutava há várias semanas.

    Nascida em Niterói, Região Metropolitana do Rio, em 7 de janeiro de 1933, Nicette era uma das artistas mais experientes da TV Globo, onde atuava há vários anos. Sua longa e premiada carreira teve início ainda na infância, por influência da família.

    Também na vida adulta, a atuação continuou sendo um negócio familiar, com o marido, Paulo Goulart, e os três filhos se dedicando à profissão. Segundo uma de suas filhas, Beth Goulart, a mãe teria sido infectada pela COVID-19 após contato com um parente que não sabia que estava com o novo coronavírus. 

    A morte da atriz foi confirmada no início desta tarde pela Casa de Saúde São José, localizada no bairro do Humaitá, Zona Sul da capital fluminense, onde fazia tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

    "A Casa de Saúde São José informa que a atriz Nicette Bruno, que estava internada no hospital desde 26 de novembro de 2020, faleceu hoje, às 11h40, devido a complicações decorrentes da COVID-19. O hospital se solidariza com a família neste momento", diz o comunicado, citado pelo G1.

    De acordo com o portal, o velório da artista será realizado na manhã desta segunda-feira (21), e, à tarde, seu corpo será cremado no Cemitério da Penitência, no Caju.

    Tema:
    COVID-19 e Brasil em meados de dezembro (59)

    Mais:

    Morre Paolo Rossi, 'carrasco' do Brasil, artilheiro e campeão mundial em 1982
    Joseph Safra, dono do Banco Safra e homem mais rico do Brasil, morre aos 82 anos
    Morre o escritor britânico John le Carré, aos 89 anos
    Premiê da Suazilândia morre em hospital sul-africano após contrair COVID-19
    Tags:
    atriz, artista, morte, COVID-19, vírus, novo coronavírus, família, hospital, Rio de Janeiro, Niterói
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar