19:49 12 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    2142
    Nos siga no

    O atual presidente da Câmara ainda não definiu quem será o adversário de Arthur Lira (PP) na eleição.

    PT, PDT, PSB e PCdoB decidiram apoiar o candidato indicado por Rodrigo Maia (DEM) na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados. O indicado de Maia fará frente à candidatura de Arthur Lira (PP), que tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro.

    A informação foi confirmada nesta sexta-feira (18) pelo líder do PT, Enio Verri (PR), em conversa com o UOL. De acordo com a Carta Capital, a Rede também faz parte do grupo que anunciou apoio a Maia.

    O PT é o partido com o maior número de deputados na Casa: são 54 deputados federais da sigla. PDT, PSB e PCdoB somam 68 deputados, que vão formar uma robusta base de apoio ao candidato de Maia.

    Rodrigo Maia, no entanto, ainda não definiu quem será o candidato. Há alguns nomes que aparecem como favoritos à indicação, como Baleia Rossi (MDB) e Aguinaldo Ribeiro (PP). Em declaração ao UOL, Verri disse que o PT quer apresentar a Maia mais um nome que possa receber a indicação.

    "A nossa posição é ir para o bloco [de Maia] apresentando um programa em conjunto com a oposição para discutir, dentro do bloco, a possibilidade de ser candidato [...]. Sendo aquele mais viável, ficando para o final, sendo o nome da oposição, o Baleia ou o Aguinaldo, não importa", disse Verri, ao UOL.
    O deputado federal Arthur Lira (PP-AL)
    © Folhapress / Pedro Ladeira
    O deputado federal Arthur Lira (PP-AL)

    A eleição para a presidência da Câmara acontece no dia 1º de fevereiro de 2021. No mesmo dia, acontecerá a eleição para a presidência do Senado.

    Mais:

    Maia e Alcolumbre 'têm capital político para eleger sucessores', diz analista
    Após STF barrar novo mandato na Câmara, Maia diz que nunca quis se reeleger
    Demora da vacina é maior erro político de Bolsonaro e pode prejudicar reeleição em 2022, afirma Maia
    Maia diz que general Pazuello é 'desastre' na Saúde e fala em 'incompetência'
    Tags:
    Rodrigo Maia, política, Brasil, Brasília, Câmara dos Deputados
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar