13:00 21 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Por
    7155
    Nos siga no

    Enquanto reforçava que não tomará vacina contra COVID-19, Bolsonaro decidiu ainda criticar a Pfizer, insinuando que se um vacinado "virar um jacaré, é problema" de quem tomou a vacina. Só está dando jacaré no Twitter.

    O discurso do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em evento em Porto Seguro (BA), não só teve jacaré, mas também super-homem, mulher barbada e homem com voz fina em alusão a problemas que podem surgir em vacinados com medicamento da farmacêutica Pfizer que, segundo Bolsonaro, não se responsabilizaria "por qualquer efeito colateral".

    "Na Pfizer, está bem claro no contrato, 'nós não nos responsabilizamos por qualquer efeito colateral'. [...] Se você virar um jacaré, é problema de você, pô. Eu não vou falar outro bicho, porque senão vão começar a falar besteira, né. Se você virar um super-homem, sei lá, se nascer barba em alguma mulher, aí, ou algum homem começar a falar fino, eles [a Pfizer] não têm nada a ver com isso. O que é pior: mexer no sistema imunológico das pessoas."

    Confira o trecho do discurso do presidente sobre "jacaré".

    ​Não demorou para as palavras do presidente virarem memes no Twitter, que conta com "jacaré" no topo dos assuntos mais comentados nesta sexta-feira (18), com mais de 25 mil tweets.

    "Antes jacaré do que gado."

    ​E agora?

    ​O real medo do brasileiro.

    ​Entrevista da primeira brasileira vacinada.

    ​Só nos resta pesadelo.

    ​Quem quer virar jacaré?

    ​No ritmo do É o Tchan depois da vacina.

    Mais:

    Mulher tem forte reação alérgica 10 minutos após tomar vacina da Pfizer nos EUA
    Demora da vacina é maior erro político de Bolsonaro e pode prejudicar reeleição em 2022, afirma Maia
    'Não vou tomar a vacina e ponto final', afirma Bolsonaro (VÍDEO)
    Tags:
    jacaré, COVID-19, vacinação, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar