00:39 16 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 e Brasil em meados de dezembro (59)
    121
    Nos siga no

    A Agência Nacional de Vigilância (Anvisa) disse nesta quarta-feira (15) que recebeu os dados da candidata à vacina contra COVID-19 fabricada pela farmacêutica norte-americana Pfizer em parceria com o laboratório alemão BioNTech.

    Os dados são referentes à fase 3 dos testes do possível imunizante contra o novo coronavírus.

    O envio não significa que a Pfizer pediu o registro da vacina no país, mas indica que a empresa está buscando acelerar o trâmite para talvez preparar uma futura solicitação. As informações foram publicadas na plataforma da Anvisa para acompanhamento da submissão de documentos apresentados pelas empresas desenvolvedoras de vacinas.

    Com a nova remessa de documentos, a empresa segue o chamado "processo de submissão contínua", onde as empresas não vão precisar ter todos os documentos reunidos para apresentá-los de uma vez só à Anvisa, como é costume com outras vacinas.

    Tabela feita pela Anvisa mostra o andamento das análises das possíveis vacinas contra a COVID-19.
    © Foto / Divulgação/Anvisa
    Tabela feita pela Anvisa mostra o andamento das análises das possíveis vacinas contra a COVID-19.

    O governo federal negocia a compra de 70 milhões de doses do imunizante fabricado pela Pfizer. No Brasil, 2,9 mil voluntários participam dos testes da vacina.

    Segundo a farmacêutica norte-americana, os resultados finais dos testes de sua vacina contra a COVID-19 mostraram efetividade de 95% e não foram detectados efeitos adversos importantes.

    Nesta quarta-feira (16), a agência reguladora de medicamentos no Chile informou que aprovou o uso emergencial da vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela Pfizer. Com a aprovação, o Chile tornou-se o primeiro país da América do Sul a autorizar a aplicação de uma vacina em caráter de aplicação emergencial contra a COVID-19.

    Tema:
    COVID-19 e Brasil em meados de dezembro (59)

    Mais:

    NASA cria mapa interativo que mostra do espaço como o mundo mudou após COVID-19 (FOTO)
    Governo lança nova versão do plano nacional de vacinação contra a COVID-19 e inclui a CoronaVac
    COVID-19: cientistas calculam quantas pessoas no mundo vão ficar sem vacina
    Portugal afirma que terá vacinas contra COVID-19 suficientes para toda a população
    Tags:
    Brasil, Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, pandemia, novo coronavírus, imunização, imunizante, imunidade, Pfizer, vacinação, vacina, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar