23:15 13 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Por
    7171
    Nos siga no

    Para Bolsonaro, Fabrício Queiroz, apontado como operador de um esquema de rachadinhas, pagava suas contas e está sendo "injustiçado". Obviamente, as declarações do presidente do Brasil estão ocasionando memes.

    Em entrevista ao Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, comentou o "massacre" ao seu filho Flávio Bolsonaro e a "injustiça" a Fabrício Queiroz em meio ao esquema de rachadinhas, chegando a reforçar que os cheques "do Queiroz" eram para ele.

    "Vamos apurar? Vamos. Mas cada um com a sua devida estatura. E não massacrar o tempo todo como massacram a minha esposa, como eu falei desde o começo, que aqueles cheques do Queiroz, ao longo de dez anos, foram para mim. Não foram para ela. Divide aí, Datena, R$ 89 mil por dez anos. Dá em torno de R$ 750 por mês. Isso é propina? Pelo amor de Deus."

    Confira trecho da entrevista por telefone de Bolsonaro ao apresentador José Luiz Datena.

    ​A defesa de Bolsonaro em relação a Queiroz está propagando no Twitter, chegando a posicionar o ex-assessor do seu filho Flávio no topo dos assuntos mais comentados nesta quarta-feira (16), com mais de 10 mil tweets.

    Quem pagava conta de Bolsonaro?

    ​Semelhanças.

    ​Brasil é "rigoroso" com Lula e "maleável" com Jair.

    ​Quem disse que não haveria memes?

    ​Explicando em libras.

    ​Bolsonaro admitiu.

    Mais:

    Caso de Flávio Bolsonaro prejudica aspirações do Brasil na OCDE?
    Heleno diz ao STF que Abin não orientou defesa de Flávio Bolsonaro no 'caso das rachadinhas'
    Bolsonaro revela que Queiroz pagava contas para ele: 'Era de confiança'
    Tags:
    Rachadinha, Fabrício José de Queiroz, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar