13:01 21 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    231
    Nos siga no

    O vice-presidente Hamilton Mourão disse nesta sexta-feira (4) que a Constituição é "clara" em proibir a reeleição para presidência da Câmara e do Senado. 

    O Supremo Tribunal Federal está julgando nesta sexta-feira (4) se os líderes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), podem se candidatar novamente. Até o início da tarde, o placar estava quatro votos favoráveis à reeleição dos dois.

    O ministro Kassio Nunes Marques votou por permitir a recondução ao cargo apenas do presidente do Senado. 

    Segundo Mourão, o Supremo pode "interpretar" a lei da maneira que achar melhor, mas, para permitir a reeleição, seria necessário alterar o texto constitucional. 

    Governo apoia líder do centrão

    O governo de Jair Bolsonaro é contra um novo mandato de Rodrigo Maia e articula a eleição de Arthur Lira (PP-AL),  líder do bloco do centrão, para a presidência da casa. 

    Segundo reportagem de O Globo, o governo pretende abrir vagas em ministérios e em cargos estratégicos para oferecer a parlamentares em troca de apoio na eleição de 1º de fevereiro do ano que vem, quando começam a ser definidos os nomes dos novos presidentes do Congresso. 

    "Acho que a Constituição é clara. Não pode. Acho que teria que mudar a Constituição. Mas o Supremo tem o arbítrio para interpretar da forma que melhor aprouver", disse Mourão na entrada do Palácio do Planalto, segundo a Folha de S.Paulo.

    O texto da Constituição diz que é "vedada a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente". Caso sejam reeleitos, Maia e Alcolumbre poderão ficar em seus cargos até fevereiro de 2023. 

    Mais:

    Julgamento sobre plano de vacinação contra COVID-19 é interrompido pelo STF
    Número de partidos nas Câmaras cai em 73% dos municípios após fim de coligações, diz mídia
    'Nhonho': em novo ataque, ministro Salles ofende Rodrigo Maia em rede social
    Tags:
    Senado, Câmara dos Deputados, Congresso, Davi Alcolumbre, Rodrigo Maia, reeleição, STF, Constituição, Antonio Hamilton Mourão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar