20:38 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    490
    Nos siga no

    Na madrugada desta quarta-feira (3), uma quadrilha atacou bancos e também a polícia nas ruas da cidade de Cametá, no interior do Pará.

    Conforme publicou o portal G1, o grupo de criminosos usou reféns para se locomover, tendo capturado pessoas em bares da cidade. Não há informações sobre feridos.

    O bando teria armas de grosso calibre e disparos foram ouvidos por mais de uma hora na cidade. O incidente ocorreu na noite seguinte de uma ação semelhante ocorrida em Criciúma, Santa Catarina.

    A cidade de Cametá fica a 235 km da capital do estado, Belém. Ao menos uma agência bancária foi alvo do grupo. Além disso, um quartel da Polícia Militar local teria sido atacado, impedindo a saída dos agentes de segurança. Ainda segundo as informações do portal, o grupo teria fugido em carros e depois barcos pelo Rio Tocantins.

    Nas redes sociais, o governador do Pará, Hélder Barbalho (MDB), comentou o incidente e afirmou que está em contato com a cúpula de segurança pública estadual para tomar providências.

    ​Nas redes sociais, vídeos foram postados mostrando a ação do grupo em Cametá.

    Os vídeos mostram, além dos disparos, cenas de perseguição e medo na cidade interiorana da região Norte do país.

    ​Também foram postadas gravações que mostram moradores sendo usados como reféns pelos criminosos.

    Mais:

    Ladrões em viaturas da Polícia Federal roubam ouro no Aeroporto Internacional de São Paulo
    Repórter da CNN é assaltada em São Paulo durante transmissão ao vivo (VÍDEO)
    Governador do Pará, Helder Barbalho revela que testou positivo para COVID-19 (VÍDEO)
    Tags:
    Hélder Barbalho, Pará
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar