01:48 26 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    Um grupo de cerca de 40 criminosos realizou um assalto em um banco em Criciúma, em Santa Catarina, na madrugada desta terça-feira (1º), fazendo reféns e realizando incêndios e bloqueios de ruas da cidade.

    O delegado Anselmo Cruz, da delegacia de roubos e antissequestro de Santa Catarina, declarou que o assalto em Criciúma na madrugada desta terça-feira (1º) foi o "maior roubo" já acontecido no estado.

    Autoridades da Polícia Militar e o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), realizaram na tarde desta terça-feira (1º) uma entrevista coletiva para informar detalhes do crime que abalou a cidade de Criciúma nesta madrugada.

    "Já se iniciou o trabalho de investigação desse que podemos afirmar ser o maior roubo, de maiores proporções já acontecido no estado de Santa Catarina", afirmou o delegado Anselmo Cruz.

    O governador de Santa Catarina, por sua vez, declarou que episódios de assalto a banco e "violência extrema" não são comuns na região.

    "Criciúma passa por um episódio de violência extrema, que não é comum. Entendemos que a ação foi bem sucedida pelos marginais, essa é a verdade: eles conseguiram seu intento", declarou Carlos Moisés.

    ​De acordo com o subcomandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Marcelo Pontes, pelo menos 40 criminosos fortemente armados participaram da ação utilizando dez carros. Os veículos já foram localizados pela polícia.

    "Saíram em fuga por volta das 02h00 da manhã, monitoramos e, ao amanhecer, localizamos os dez veículos. Dentro desses veículos, em dois deles, há vestígios de sangue. Um [carro] foi alvejado pelo esquadro antibombas. O outro [tinha sangue] no banco traseiro, talvez decorrente do explosivo, ele pode ter se ferido e sangrado dentro do veículo", informou o coronel Marcelo Pontes.

    De acordo com as últimas informações, os criminosos teriam fugido para cidades vizinhas. Todos os reféns foram libertados. A Polícia prendeu quatro pessoas em flagrante em posse de parte do dinheiro abandonado pela quadrilha. O dinheiro, totalizando um valor de R$ 810 mil, estava em duas malas. Os suspeitos não teriam ligação com a quadrilha que assaltou o banco.

    Mais:

    Em Montreal, operação policial investiga denúncia envolvendo reféns na Ubisoft (VÍDEOS)
    Sequestro na Geórgia: polícia prende homem armado e liberta reféns
    Homem armado mantém ao menos 9 reféns na Geórgia (VÍDEOS)
    Homem armado faz reféns em agência bancária na França
    Tags:
    reféns, refém, sequestro, assalto, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia, Sul, Santa Catarina, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar