20:33 26 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    101
    Nos siga no

    O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa), da Argentina, anunciou a detecção de uma nova nuvem de gafanhotos a poucos quilômetros do Rio Grande do Sul.

    Na última sexta-feira (27) o Senasa confirmou a presença do grupo de insetos nas cidades de Campo Viera e Itacaruaré, na província de Misiones, que faz divisa com as cidades brasileiras de Rincão Vermelho e Porto Xavier. As informações foram publicadas pelo portal G1.

    #Tucuras

    Zoniopoda tarsata em #Misiones

    Superfamília: Acridoidea

    Família: Romaleidae

    Fonte: Senasa

    Profissionais argentinos e brasileiros estão monitorando o deslocamento dos insetos e pedem para que os fazendeiros das duas regiões comuniquem as autoridades se registrarem a presença do animal.

    Técnicos argentinos destacaram que esse gafanhoto não é do mesmo tipo do que chegou a se aproximar do Brasil em julho. Conhecida como tucura, essa espécie não costuma se locomover a grandes distâncias, o que pode evitar a entrada dela em território brasileiro.

    Até o momento, a nova nuvem foi observada em três fazendas no município de Campo Viera e em uma em Itacaruaré, sem grandes prejuízos, apenas ataques a algumas lavouras de erva-mate.

    Mais:

    Praga de 'gafanhotos do deserto' invade cidade próxima à capital da Índia (VÍDEOS)
    Não há controle eficaz após nuvem de gafanhotos ser formada, diz bióloga
    Nuvens de gafanhotos demoram meses para se dispersar naturalmente, diz biólogo
    El Salvador está alarmado ante possível invasão de gafanhotos
    Descoberta arma para combater nuvem de gafanhotos, garantem cientistas
    Tags:
    insetos, inseto, agricultores, agricultura, praga, nuvem, gafanhoto, Argentina, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar