23:50 22 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 101
    Nos siga no

    Neste sábado (28), o general Edson Leal Pujol, comandante do Exército brasileiro, sofreu um acidente enquanto cavalgava e fraturou o fêmur.

    Conforme publicou o portal G1, com informações do Centro de Comunicação do Exército, Pujol segue internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, e passará por cirurgia. A instituição afirma que o general está bem e foi submetido a exames.

    O general Edson Leal Pujol sofreu o acidente enquanto andava a cavalo no Regimento Dragões da Independência, em Brasília.

    O presidente da República, Jair Bolsonaro é recebido pelo comandante do Exército, general-de-exército Edson Leal Pujol, para Solenidade de Promoção de Oficiais-Generais
    © Foto / Agência Brasil / Isac Nóbrega / PR
    O presidente da República, Jair Bolsonaro é recebido pelo comandante do Exército, general-de-exército Edson Leal Pujol, para Solenidade de Promoção de Oficiais-Generais

    Pujol ganhou notoriedade por declarações ao longo do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), posicionando-se pela independência política do Exército. No início da pandemia, Pujol também gravou mensagem aos seus comandados ressaltando a gravidade da crise sanitária.

    No mais recente posicionamento do general, Pujol declarou que o Exército não tem partido político e não pertence ao governo. A declaração veio na mesma semana em que Bolsonaro falou em usar pólvora para defender a Amazônia ao comentar declarações do democrata norte-americano, Joe Biden, sobre possíveis sanções ambientais contra o Brasil.

    Mais:

    Discurso de 'pólvora' de Bolsonaro 'apequena' Forças Armadas, analisa cientista político
    'Moderno' e 'versátil': analistas destacam uso do novo blindado Guarani pelo Exército Brasileiro
    Exército Brasileiro está pronto para 'guerra' contra EUA após 'pólvora' de Bolsonaro? Confira memes
    Tags:
    Amazônia, Jair Bolsonaro, Exército Brasileiro, Edson Leal Pujol
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar