09:34 22 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil combatendo coronavírus no fim de novembro (45)
    0 31
    Nos siga no

    O ministro da Saúde, que é general da ativa, ainda brincou e disse que seria bom "voltar ao quartel", segundo o Estadão.

    A relação entre o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o presidente Jair Bolsonaro está cada vez mais desgastada, segundo o Estadão. O jornal diz que, nos bastidores, Pazuello afirmou que via como "natural" uma possível saída do ministério.

    O jornal informa ainda que Pazuello disse que, caso saia do ministério, sairá "feliz". O ministro, que é general da ativa, ainda brincou e disse aos amigos que seria bom "voltar ao quartel".

    O desgaste entre Pazuello e Bolsonaro se intensificou nesta semana após o caso dos 6,86 milhões de testes para diagnóstico de COVID-19 estocados em um armazém em Guarulhos. Os testes vão perder a validade entre dezembro e janeiro.

    A comissão mista do Congresso Nacional, responsável por acompanhar as medidas de combate ao novo coronavírus, aprovou nesta terça-feira (24) o convite para ouvir o ministro Pazuello sobre o caso. A reunião deve acontecer até o dia 7 de dezembro.

    Antes disso, outra crise já havia agravado a relação entre Bolsonaro e Pazuello. Em 20 de outubro, Pazuello chegou a anunciar a compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac. No entanto, Bolsonaro desautorizou o ministro no dia seguinte, afirmando que o protocolo para a compra do imunizante seria cancelado.

    Tema:
    Brasil combatendo coronavírus no fim de novembro (45)

    Mais:

    Hospital demite funcionário que vazou dados de pacientes com suspeita ou confirmação da COVID-19
    Óbitos por COVID-19 no Brasil somam 171.460, segundo Ministério da Saúde
    Qual é a situação das ações que pedem a cassação da chapa Bolsonaro-Mourão no TSE?
    Bolsonaro desiste de depoimento presencial em inquérito que apura interferência na PF
    Tags:
    Ministro da Saúde, saúde, Bolsonaro, Ministério da Saúde, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar