03:31 16 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    7171
    Nos siga no

    Neste domingo (15), Dia da Proclamação da República, os brasileiros vão às urnas para decidir quem serão seus representantes na esfera municipal pelos próximos quatro anos.

    Em meio à pandemia da COVID-19, que exigirá medidas adicionais de segurança, cerca de 148 milhões de eleitores deverão sair de casa para votar em candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador nas 5.568 cidades do país neste primeiro turno das eleições. 

    ​De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a região Sudeste terá o maior número de eleitores aptos a votar, 64.720.797 (42,99%). Em seguida vem a região Nordeste, com 40.654.818 (27,01% do total). O Sul conta conta com 21.781.949 eleitores (14,47%), enquanto o Norte soma 11.908.196 (7,91%) votantes e a região Centro-Oeste concentra o menor número: 10.943.887 (7,27% do total).

    Neste ano, 95 municípios contarão com mais de 200 mil eleitores, incluindo 25 das 26 capitais estaduais (a exceção é Palmas, no Tocantins). Os grandes centros urbanos são o maior foco de preocupação no que diz respeito à possibilidade de aglomerações. 

    "Em razão da pandemia provocada pelo novo coronavírus, a Justiça Eleitoral adotou todas as medidas necessárias para garantir um processo eleitoral sem riscos à saúde do eleitor. E uma das recomendações é para que os eleitores evitem aglomerações, permanecendo nos locais de votação apenas o tempo suficiente para a identificação e a digitação do voto", pediu o TSE. 

    Para estas eleições, 473.503 urnas foram colocadas à disposição em 94.325 locais de votação. Dos 557.398 pré-candidatos que solicitaram registro de candidatura, 537.656 estarão aptos a serem votados, segundo a última atualização do TSE, realizada na tarde de ontem (14). Para prefeito, serão 19.348 candidatos, para vice-prefeito, 19.722, e, para o cargo de vereador, 518.328 nomes disputarão as 58.208 vagas distribuídas pelo Brasil. Ao todo, são 24.016 candidatos à reeleição. 

    ​As votações deste domingo (15) ocorrerão entre as 7h e 17h. Nos lugares onde houver necessidade de segundo turno — nos municípios com mais de 200 mil eleitores onde não houver maioria absoluta na votação para prefeito —, este deverá ser realizado no dia 29 deste mês.

    Ordenar as mensagens
    • 21:39

      Termina o debate entre Boulos e Covas em São Paulo

    • 20:57

      Covas e Boulos elevam o tom ao falar da 'cracolândia'

      Durante o debate desta segunda-feira (16) na CNN Brasil, os dois candidatos que passaram ao segundo turno das eleições em São Paulo, Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL), discutiram ações para a região conhecida como "cracolândia", que concentra milhares de dependentes químicos na área central da capital paulista.

      Boulos acusou Covas de tratar a questão como caso de polícia e não como um problema de saúde, lembrando ações policiais na região. Covas respondeu apontando que sua gestão busca implementar ações de vários setores na região, incluindo a presença da Polícia Militar e Polícia Civil para o enfrentamento ao tráfico. O prefeito de São Paulo disse ainda que lamenta que essa questão seja levantada durante o debate eleitoral.

      O candidato do PSOL aproveitou para afirmar que acha estranha essa posição, pois é necessário discutir propostas para a região, e acrescentou que o combate ao tráfico precisa de inteligência e não apenas de policiamento ostensivo.

    • 20:19

      Covas e Boulos trocam acusações sobre pandemia e experiência pública

      Nesta segunda-feira (16), os candidatos Guilherme Boulos (PSOL) e Bruno Covas (PSDB) iniciaram o primeiro debate do segundo turno das eleições municipais para a cidade de São Paulo trocando acusações focadas na pandemia da COVID-19 e na experiência com gestão pública.

      Boulos usou seu tempo para acusar Covas de má gestão da cidade durante a pandemia da COVID-19, alegando que a capital paulista foi a terceira cidade do mundo com mais mortes causadas pela doença. São Paulo tem 382.581 casos confirmados do novo coronavírus, além de 13.941 mortes causadas pela COVID-19.

      Já Covas se defendeu das acusações e acusou Boulos de não ter experiência com gestão pública, insinuando que o candidato do PSOL está acostumado a "mandar" como líder de movimento social e que isso não é possível na liderança do orçamento de um município como São Paulo. Boulos também se esforçou para atrelar a imagem de Covas à do governador João Dória (PSDB), de quem Covas herdou a prefeitura em 2018 por ser o vice-prefeito paulistano.

    • 20:02

      Guilherme Boulos e Bruno Covas protagonizam 1º debate eleitoral do 2º turno

      Os candidatos Guilherme Boulos (PSOL) e Bruno Covas (PSDB) participam na noite desta segunda-feira (16) de um debate eleitoral transmitido pela rede CNN Brasil. No primeiro turno das eleições em São Paulo, a maior cidade brasileira, Covas terminou na frente com 32,85% da preferência dos eleitores, mais de 1,75 milhão de votos. Já Guilherme Boulos teve 20,24% dos votos, com um total de 1.080.736 eleitores.

    • 20:01

      Apenas 3 em cada 10 prefeitos eleitos no 1º turno são negros

      Segundo um levantamento realizado pelo portal G1, três de cada dez prefeitos eleitos no 1º turno das eleições municipais de 2020 são negros. Os dados do levantamento são do próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e apontam que 32,1% dos prefeitos eleitos são negros. A porcentagem de prefeitos pretos e pardos subiu em relação às últimas eleições municipais, quando 29,2% dos candidatos eram negros.

    • 18:17

      Barroso: eleições tiveram 23,14% de abstenção e aumento de prefeitas eleitas

      Em declaração na tarde desta segunda-feira (16), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que as eleições municipais de 2020 tiveram 113.389.379 eleitores que foram às urnas, com 23,14% de abstenção. Nas últimas eleições, em 2018, o nível de abstenção ficou em 20,32%. Barroso também destacou os três estados com menor nível de abstenção: Piauí, com 15,42%; Paraíba, com 15,79%; e Ceará, com 16,93%.

      O presidente do TSE ressaltou que as eleições deste ano tiveram um aumento no número de mulheres eleitas para cargos do Executivo, chegando a 12,2% do total. Barroso disse que apesar do aumento, o dado "ainda não é suficientemente expressivo", mas destacou que "no Brasil há uma curva ascendente da participação feminina" na política.

    • 16:53

      PSDB e MDB perdem maior número de prefeituras em relação à eleição de 2016

      Os partidos PSDB e MDB foram os que mais perderam prefeituras em relação ao primeiro turno das eleições municipais anteriores, segundo levantamento publicado pelo portal G1. Para o PSDB, o número encolheu de 785 prefeituras para 512. Já o MDB viu seu número de prefeituras diminuir de 1.035 para 774.

      Por outro lado, DEM e PP foram os partidos que mais ganharam prefeituras na mesma comparação. O DEM saltou de 266 para 459, enquanto o PP saiu de 495 para 682 prefeituras.

      Outro destaque é o PT, que apesar de ser o partido com maior frequência de candidatos no segundo turno, viu o número de prefeituras encolher novamente após a primeira votação destas eleições. O número caiu de 254 para 179.

      Já o PSL, partido que elegeu o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido), viu o número de prefeituras saltar de 30 para 90 neste ano.

    • 16:44

      Vereadora trans bate recorde de votos em Belo Horizonte

      A vereadora eleita Duda Salabert (PDT), uma mulher trans, bateu o recorde de votos nas eleições para a Câmara Municipal de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Conforme os dados consolidados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Salabert conquistou 37.613 votos nas eleições municipais realizadas no domingo (15). Além disso, a vereadora do PDT será a primeira trans da história a integrar a Câmara de Belo Horizonte. Nas eleições de 2018, Duda Salabert foi candidata pelo PSOL ao Senado Federal, mas não conseguiu a vaga.

      Duda Salabert, primeira pré-candidata transsexual ao Senado Federal.
      © Foto / Acervo Pessoal
    • 15:25
      O vice-presidente Hamilton Mourão.

      Mourão diz que não se pode 'debitar' a Bolsonaro o mau resultado de aliados nas eleições

      O vice-presidente Hamilton Mourão saiu em defesa de Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (16) ao dizer que não se pode "debitar" ao presidente os resultados das eleições municipais.
      Mostrar mais
    • 15:14

      Bruno Covas nega ter chamado Boulos de 'radical' e diz que quer 'governar para todos'

      O prefeito Bruno Covas (PSDB), candidato à reeleição em São Paulo, negou nesta segunda-feira (16) que tenha se referido a seu adversário no segundo turno, Guilherme Boulos (PSOL), quando falou de seu primeiro lugar como uma vitória sobre o radicalismo. Segundo Covas, o objetivo de sua campanha é construir consenso para governar a cidade "para todo mundo". Ele deu as declarações para o programa UOL Entrevista.

    • 15:09
      Bolsonaristas mostram apoio ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, durante manifestação em Brasília, Brasil, 19 de julho de 2020

      Onda conservadora citada por Bolsonaro 'deu em água', afirma cientista político

      O presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo (15) que "a esquerda foi a grande derrotada" das eleições municipais deste ano e que a "onda conservadora chegou para ficar".
      Mostrar mais
    • 14:42

      Porto Alegre tem a maior proporção de mulheres eleitas vereadoras entre as capitais

      Segundo reportagem publicada pelo portal G1.com, os resultados das eleições de 2020 mostram que a capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, será aquela com a maior representatividade feminina na Câmara de Vereadores no país: 11 das 36 vagas serão ocupadas por elas (30,55%).

      Depois de Porto Alegre, as capitais com maior proporção de mulheres são Belo Horizonte (26,83% das vagas) e Natal (24,14%).

    • 14:20

      Prefeito acusado de elo com PCC é reeleito em Embu das Artes (SP)

      O prefeito de Embu das Artes (SP), Ney Santos (Republicanos), conseguiu neste domingo (15) ser reeleito com 48,4% dos votos válidos. Conforme a Folha noticiou em outubro deste ano, ele é réu na Justiça paulista suspeito de lavar dinheiro do PCC e de liderar organização criminosa. Também é acusado de disparo de arma de fogo, posse ilegal de arma e foi denunciado na Operação Prato Feito, do Ministério Público Federal.

    • 13:46
      Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro após a cerimônia de posse do novo ministro do STF, Kássio Marques, Brasília, 5 de novembro de 2020

      Eleições esfriam polarização no Brasil: 'Bolsonaro sai enfraquecido', diz especialista

      Forças políticas reorganizadas e polarização esfriada, com maior equilíbrio entre centro, direita e esquerda. Este é o cenário da política brasileira após as eleições deste domingo (15), conforme explica especialista à Sputnik Brasil.
      Mostrar mais
    • 13:11

      Tarcísio Motta, do PSOL, é o vereador mais votado no Rio de Janeiro

      Tarcísio Motta (PSOL) é o candidato à Câmara Municipal da cidade do Rio de Janeiro mais bem votado nas eleições deste ano, com 86.243 votos.
      O filho do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro (Republicanos), trocou de lugar com Tarcísio no pleito de 2020, em relação à eleição de 2016. Há quatro anos, Carlos teve 106.657 votos e foi o primeiro na lista, mas agora ele teve 35 mil votos a menos, somando 71 mil e ficando atrás do candidato do PSOL.

    • 12:30

      São Paulo tem todas as vagas para vereador definidas

      São Paulo definiu a composição da Câmara Municipal composta de 55 vereadores. O resultado final, com 100% das urnas apuradas, foi divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) às 11h desta segunda-feira (16).

      Os três candidatos mais votados foram Eduardo Suplicy (PT), com 167.552 votos; Milton Leite (DEM), com 132.716; e Delegado Palumbo (MDB), com 118.395;

      O PSOL conseguiu 3 vezes mais vereadores em relação aos dois 2 eleitos em 2016 e chegou a seis neste ano, se tornando a terceira maior bancada da Câmara de São Paulo. PSDB e PT permanecem sendo os partidos com as maiores bancadas, com oito vereadores cada.

    • 12:17

      Pela primeira vez na história, Curitiba terá uma vereadora negra

      A vereadora Carol Dartora (PT) será a primeira mulher negra eleita vereadora na capital do Paraná, segundo a Câmara Municipal de Curitiba. Ela foi eleita com 8.874 mil votos nas eleições municipais deste ano, conforme informação publicada pelo portal G1.

    • 11:41

      Niterói elege primeira vereadora travesti do estado do Rio de Janeiro

      A travesti Benny Briolly (PSOL) é a primeira vereadora eleita no município de Niterói e também no Estado do Rio de Janeiro, segundo ela mesmo escreveu no Twitter, logo após os resultados para a Câmara Municipal da cidade serem divulgados neste domingo (15).

    • 11:16

      Prefeito mais velho eleito tem 95 anos e os mais jovens 21, idade mínima para concorrer ao cargo

      Segundo matéria publicada pelo portal G1, o prefeito mais velho eleito no país neste domingo (15) foi José Braz (PP), de 95 anos, da cidade de Muriaé, Minas Gerais. Ele teve 42,80% dos votos. O empresário já tinha ocupado o cargo em dois mandatos na cidade.

      Já os mais novos têm 21 anos, a idade mínima para se candidatar ao cargo. São eles: Fernando Cavalcante (MDB), eleito com 54,52% em Matriz de Camaragibe (AL); Paulo Henrique (PP), que recebeu 51,01% dos votos em Pedra Preta (RN); e Ricardo Maia (PSD), com 49,27% em Tucano (BA).

       

    • 10:54
      Hacker (imagen referencial)

      ONG diz que houve ação coordenada em ataques ao TSE para criar ambiente de insegurança nas eleições

      Investigação da SaferNet mostra que atos não tiveram relação com atraso na divulgação dos resultados de domingo (15) e que hackers queriam desacreditar a Justiça Eleitoral.
      Mostrar mais
    • 10:24

      57 cidades terão 2° turno no país

      Brasileiros de 57 cidades vão às urnas novamente, no dia 29, para decidir seus prefeitos em segundo turno.

      O número representa 60% do total de 95 municípios onde tinha possibilidade de um segundo turno neste ano. Segundo a legislação eleitoral, podem ter segundo turno as cidades com mais de 200 mil eleitores.

      Das 57 cidades onde haverá segundo turno, 18 são capitais.

      O PT vai ser a legenda mais presente no segundo turno na eleição municipal de 2020, em 15 das 57 cidades em que haverá a disputa. Em seguida vem o PSDB (14 cidades) e o MDB (12 cidades).

    • 09:49

      Ricardo Barros: tentativa de fazer dos resultados das eleições uma derrota do presidente é inadequada

      Deputado federal e líder do governo na Câmara, Ricardo Barros afirmou que tentativa de fazer dos resultados das eleições municipais uma derrota do presidente Jair Bolsonaro é inadequada. Além disso, Barros acredita que tanto a extrema-direita quanto o Partido dos Trabalhadores foram os que mais perderam nas eleições.

      Por outro lado, Barros acredita que Bolsonaro levou grande vantagem nas eleições.

    • 09:43

      Líder do governo na Câmara: PP é o 2° partido com maior número de prefeitos

      Em entrevista ao portal UOL, o deputado federal pelo Partido Progressista e líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, disse que seu partido é o segundo com o maior número de prefeitos nas eleições municipais.

    • 08:39

      MG: atual prefeito que morreu na véspera da eleição é reeleito com 60,8%

      O atual prefeito Antônio Claret Mota Esteves, do Partido Verde, estava internado havia duas semanas após sofrer infarto, falecendo na noite de sábado (14). Neste domingo (15), o prefeito foi reeleito com 60,8% dos votos em Passa Quatro (MG).

    • 01:02
      Vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos)

      Filho do presidente, Carlos Bolsonaro teve 34% menos votos do que na última eleição

      Com 99,9% das urnas apuradas, Carlos Bolsonaro (Republicanos) foi o segundo vereador mais votado da cidade do Rio de Janeiro.
      Mostrar mais
    • 00:35

      Presidente Jair Bolsonaro comentou o resultado do pleito municipal

    • 00:32
      Ministro Luís Roberto Barroso

      Culpa da PF? 'Falha' que provocou atraso na eleição foi recomendação da Polícia Federal, diz Barroso

      Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso disse na madrugada desta segunda-feira (16) que a mudança que causou problemas na divulgação dos votos foi tomada a partir de um parecer da Polícia Federal (PF).
      Mostrar mais
    • 00:10

      Abstenção no Rio supera votos de Eduardo Paes

      Após uma campanha eleitoral marcada pela pandemia da COVID-19, a cidade do Rio de Janeiro teve a maior abstenção nas urnas desde 1996.

      Com 99,9% dos votos apurados, mais de 1,5 milhão de cariocas não apareceram para votar — 32,79% dos eleitores registrados no TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro).

      O número de eleitores que não foi às urnas é maior do que o total de votos recebidos por Eduardo Paes (DEM), líder na corrida pela prefeitura — foram 1.590.734 faltosos, contra 974.726 votos em Paes (37% dos votos válidos).

    • 23:48

      São Paulo: 99,67% da apuração está completa

      Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Bruno Covas (PSDB) venceu o primeiro turno com 32,85% dos votos. Em segundo, Guilherme Boulos (PSOL), com 20,24%. Os candidatos voltam a se enfrentar no próximo dia 29.

    • 23:45

      No 2º turno contra Covas, Boulos faz discurso

      Em segundo lugar na disputa, Guilherme Boulos (PSOL) agradeceu sua candidata a vice, Luiza Erundina e a todos os eleitores "que hoje foram as urnas em São Paulo e votaram com esperança". "Depositaram sonhos e não ódio", disse.

      "A mudança no segundo turno é representada pela nossa chapa. São Paulo está em um momento histórico, temos oportunidade de virar a página. Covas falava em radicalismo. Radicalismo é a cidade mais rica do país ter gente revirando o lixo. Radicalismo é o abandono do povo numa cidade como São Paulo", afirmou.

      Em São Paulo, o candidato a prefeito, Guilherme Boulos (PSOL), vota na PUC, de máscara devido à pandemia COVID-19, em 15 de novembro de 2020
      © Folhapress / Danilo Verpa
    • 23:33

      Boulos e Covas caminham para fazer o 2º turno em São Paulo

      De acordo com números divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, com 57,77% das urnas apuradas: 32,81% dos votos válidos são para Covas (PSDB), e 20,35% dos votos válidos são para Boulos (PSOL).

    • 23:31

      Derrotada, Benedita agradece aos votos recebidos no Rio de Janeiro

    • 23:25

      Kalil confirma favoritismo e é reeleito no 1º turno

      Em Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD) é reeleito prefeito no primeiro turno. Com 99,76% das seções apuradas, Kalil recebeu 63,36% dos votos.

    • 23:19

      Cuiabá: Abílio Júnior com 33.72%, e Emanuel com 30.65%

      Os candidatos Abílio Júnior (Podemos) e Emanuel Pinheiro (MDB) vão disputar o segundo turno da eleição para prefeito de Cuiabá.

      Com 100% dos votos apurados, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Abílio teve 90.631 votos válidos (33,72%) e Emanuel 82.367 (30,65%). A candidata Gisela Simona (PROS) foi a terceira colocada com 52.191 votos (19,42%).

    • 23:12

      Divulgados os resultados do 1º turno em Rio Branco, João Pessoa e Teresina

      Após muita demora na divulgação dos resultados nas principais cidades do país, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou resultados nas capitais de Acre, Paraíba e Piauí.

      Tião Bocalom (PP) e Socorro Neri (PSB) vão decidir no segundo turno, no próximo dia 29, quem será o próximo prefeito de Rio Branco (AC).

      Com 99,86% dos votos, Tião Bocalom teve 87.878 votos (45,59% dos votos), ante 40.190 de Socorro Neri, o que representa 22,68% dos votos.

      A eleição para prefeito de João Pessoa vai ser decidida no segundo turno entre os candidatos Cícero Lucena (Progressistas) e Nilvan Ferreira (MDB). Cícero recebeu 75.610 votos, o que representa 20,72% dos votos válidos. Nilvan obteve 60.615 votos, o que representa 16,61% dos votos válidos.

      Já o segundo turno da eleição para prefeito de Teresina será entre Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB). A votação ocorre no dia 29 de novembro. Com 100% das urnas apuradas, Pessoa teve 142.769 (34,53%) dos votos válidos e Montezuma 110.395 votos (26,70%).

    • 23:08

      Com 100% das urnas apuradas, primeiro turno está definido em Vitória

      Os candidatos Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT) vão se enfrentar no segundo turno na eleição a prefeito de Vitória.

      Com 100% das urnas apuradas, Pazolini teve 30,95% dos votos, e Coser, 21,82%.

    • 23:05

      'Tenho a convicção de que ganhamos no 1º turno, e que vamos ganhar também no 2º turno', diz Covas

      O candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, Bruno Covas, disse neste domingo (15) ter a convicção de que vai ganhar a eleição no segundo turno.

      Disputando a reeleição, Covas lidera a apuração no primeiro turno, seguido de Guilherme Boulos.

      "Tenho a convicção de que ganhamos no primeiro turno, e que vamos ganhar também no segundo turno", disse Covas. Ele estava acompanhando do governador João Doria (PSDB).

      Em São Paulo, o prefeito e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB) (à frente, à direita), fala ao lado do governador paulista, João Doria (PSDB) (à frente, à esquerda), em frente à zona eleitoral escola Vera Cruz, em 15 de novembro de 2020. Ambos usam máscara contra a COVID-19
      © Folhapress / AGIF / Ettore Chiereguini
    • 23:01

      2° turno da eleição para prefeito de Goiânia será entre MDB e PSD

      Os candidatos Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD) vão disputar o segundo turno da eleição para prefeito de Goiânia. Com 100% das urnas apuradas, Maguito recebeu 217.194 votos, o que representa 36,02% dos votos válidos. Já Vanderlan teve 148.739 votos, totalizando 24,67%.

    • 22:59

      2º turno em Porto Alegre será definido entre MDB e PCdoB

      Em Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), com 31,01%, e Manuela (PCdoB), com 29,00%, estão confirmados para disputa do segundo turno.

      Manuela d'Ávila falando em um debate sobre o cenário político brasileiro em Lisboa
      © Sputnik / Caroline Ribeiro
    • 22:53

      Em Recife, João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) vão para o 2º turno

      Em pleito que mobilizou a disputa pelo legado de Eduardo Campos, João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) estão confirmados no segundo turno da capital de Pernambuco. 

      Em Recife, a candidata Marília Arraes (PT), vota de máscara em meio à pandemia da COVID-19, durante as eleições municipais de 2020, em 15 de novembro de 2020
      © Folhapress / Futura Press / Marlon Costa
    • 22:49

      2º turno na capital do Maranhão está definido

      Em São Luís, Eduardo Braide (Podemos), com 37,81%, e Duarte (Republicanos), com 22,15%, vão para o segundo turno.

    • 22:47

      No Rio de Janeiro, Eduardo Paes e Marcelo Crivella vão disputar o 2º turno

      Candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, vota no primeiro turno das eleições, em 15 de novembro
      © Folhapress / Alexandre Brum

      Com 95,19% das urnas apuradas neste domingo (15) de votação, o ex-prefeito (DEM) somava 37% dos votos válidos, contra 21,86% de Crivella (Republicanos), que tenta a reeleição e recebeu o apoio do presidente Jair Bolsonaro.

    • 22:44

      Em Fortaleza, Sarto (PDT) e Capitão Wagner (Pros) vão disputar 2º turno

      Em pleito apertado no primeiro turno, Sarto levou 35,72% dos votos, enquanto o Capitão Wagner ficou com 33,31%.

    • 22:36

      Em Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) é reeleito prefeito

      Resultado definido na capital do Mato Grosso do Sul: Marquinhos Marquinhos Trad (PSD) foi reeleito prefeito. Com 100% das urnas apuradas, ele teve 218.418 mil votos, o que corresponde a 52,58% dos votos válidos e foi declarado vencedor pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS). O segundo colocado, Promotor Harfouche, do Avante, teve 48.094 mil votos, o equivalente a 11,58%.

    • 22:32

      Definido 2º turno em Manaus

      Com 98,64% das urnas apuradas, os candidatos Amazonino Mendes, do Podemos, e David Almeida, do Avante, estão confirmados na disputa do segundo turno das eleições para a prefeitura de Manaus, na Amazônia.

    • 22:22

      'Pequeno acidente sem nenhuma vítima', diz Barroso sobre atraso no resultado das eleições

      O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e presidente do TSE Luís Roberto Barroso em foto de dezembro de 2019.
      © Folhapress / UOL

      O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, afirmou durante coletiva de imprensa que o atraso na divulgação dos resultados foi um "pequeno acidente sem nenhuma vítima".

      Segundo o ministro, o atraso não afeta a credibilidade do tribunal, já que não se tratou de um atraso na apuração, apenas na divulgação. "Não houve problema nenhum nos tribunais regionais [eleitorais]. O problema foi exclusivamente no TSE", afirmou Barroso.

    • 22:19

      Definido o 2º turno em Aracaju

      Em Aracaju, Edvaldo (PDT) e Delegada Danielle (Cidadania) estão confirmados no segundo turno da capital sergipana. O atual prefeito recebeu 45,54% dos votos válidos, contra 21,32% da segunda colocada.

    • 22:09

      Álvaro Dias (PSDB) é eleito prefeito de Natal

      Álvaro Dias (PSDB) foi eleito prefeito de Natal. Com 88,95% das seções totalizadas, ele teve 175.580 dos votos, 57,17%. Álvaro é o atual prefeito e assumiu a prefeitura de Natal em 2018.

    • 22:06

      Bruno Reis (DEM) é eleito prefeito de Salvador

      O candidato Bruno Reis (DEM) foi eleito prefeito da capital baiana, Salvador, com 64,16% dos votos. O resultado antecipado, às 22 horas, aconteceu porque a segunda colocada, a candidata Major Denice (PT), que alcançou 18,84% dos votos, não poderia mais alcançá-lo.

    • 21:01

      Barroso diz que demora na apuração foi causada por falha em supercomputador do TSE

      Um dos núcleos do supercomputador que totaliza a apuração dos votos das eleições municipais deste ano falhou e teve que ser reparado, disse o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Luís Roberto Barroso em declaração oficial na noite deste domingo (15). Segundo ele, isso atrasou a divulgação dos resultados nas eleições, mas a normalidade já foi restabelecida.

      O presidente do TSE também disse que um "ataque distribuído de negação de serviços" com origem identificada em diversos países - Brasil, Estados Unidos e Nova Zelândia - tentou derrubar o sistema do tribunal durante a manhã, mas sem sucesso. Barroso informou que 0,78% das urnas tiveram que ser substituídas ao longo do processo e que o sistema "e-títulos" funcionou "regularmente" ao longo do dia.

      Barroso agradeceu ainda aos eleitores que compareceram às urnas mesmo durante a pandemia da COVID-19, lembrando os mais de 165 mil mortos pela doença. O ministro também agradeceu ao trabalho dos mesários em todo o país durante as eleições.

    • 20:54

      Goiânia terá 2º turno entre MDB e PSD, diz projeção

      Conforme projeção do Instituto Datafolha, publicada pelo jornal Folha de São Paulo, a capital goiana terá um segundo turno nas eleições municipais entre os candidatos Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD).

      Com 16,16% das urnas apuradas até o momento, Vilela tem 35,59% dos votos e Cardoso tem 14,9%. Em terceiro lugar está a candidata delegada Adriana Accorsi (PT), com 13,52%.

    • 20:45

      Definição em Belém: 2º turno será disputado entre PSOL e Patriota

      A capital do Pará terá um segundo turno entre os candidatos Edmilson Rodrigues (PSOL) e Delegado Federal Eguchi (Patriota). Os dados do TSE apontam que 98,67% dos votos já foram apuradas em Belém. Rodigues tem até agora 34,24% do votos e Eguchi soma 23,06%. Belém é uma das quatro capitais com resultado definido até agora, sendo que a única a apontar um segundo turno.

    • 20:39

      Álvaro Dias conquista reeleição em Natal, aponta projeção do Datafolha

      Com 1,6% das urnas apuradas na capital potiguar, o candidato Álvaro Dias (PSDB) foi reeleito prefeito da cidade, segundo projeção do Instituto Datafolha publicada pelo jornal Folha de São Paulo. Dias tem até agora 59,81% dos votos contra 12,12% do candidato Senador Jean (PT). Em terceiro lugar vem o delegado Leocádio com 11,26% dos votos.

    • 20:24

      Belo Horizonte: projeção aponta reeleição de Alexandre Kalil

      O prefeito da capital mineira, Alexandre Kalil (PSD), foi reeleito, segundo projeção do Instituto Datafolha publicada pelo jornal Folha de São Paulo. Kalil tem 58,27% dos votos com 1,68% das urnas apuradas. A segunda colocada na apuração é a deputada federal Áurea Carolina (PSOL), que alcança 12,13%. Logo em seguida, em terceiro lugar, vem Bruno Engler, com 11,59% dos votos.

    • 20:24

      Gean Loureiro é reeleito prefeito de Florianópolis em 1º turno

      Conforme os resultados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gean Loureiro (DEM) foi reeleito prefeito da capital de Santa Catarina. Com 100% das urnas apuradas, Loureiro fechou as eleições com 53,46% dos votos contra 18,13% do segundo colocado, o candidato Professor Elson (PSOL). Essa é a terceira capital com vitória definida nas eleições municipais de 2020.

    • 20:19

      Em Manaus, Amazonino Mendes e David Almeida vão ao 2º turno, diz projeção

      A capital do Amazonas terá um segundo turno das eleições municipais entre os candidatos Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante). O resultado é uma projeção do Instituto Datafolha publicada pelo jornal Folha de São Paulo.

      Mendes soma 24,16% dos votos até o momento, enquanto Almeida tem 21,97%. Em Manaus, 60,99% das urnas já foram apuradas.

    • 20:16

      Fortaleza terá 2º turno entre PDT e Pros, aponta projeção

      Conforme projeção do Instituto Datafolha publicada pelo jornal Folha de São Paulo, os candidatos Sarto (PDT) e Capitão Wagner (Pros) vão ao segundo turno na capital cearense. Com 2,3% das urnas apuradas, Sarto tem 35,77% dos votos e Capitão Wagner tem 33,22%.

    • 20:11

      Datafolha: PSDB e MDB disputarão 2º turno em Teresina

      Na capital do Piauí, os candidatos Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB) disputarão o segundo turno das eleições municipais, conforme projeção do Instituto Datafolha publicada pelo jornal Folha de São Paulo.

      Dr. Pessoa tem 35% dos votos até agora, enquanto Montezuma soma 26,2%. Em Teresina, 67,7% das urnas foram apuradas.

    • 20:10

      Resultados oficiais: Palmas e Belém têm prefeitos reeleitos

      Rafael Greca (DEM), em Curitiba, Paraná, e Cinthia Ribeiro (PSDB), em Palmas, Tocantins, são os primeiros candidatos com a vitória confirmada em capitais nas eleições municipais de 2020.

      Conforme apontam os dados do TSE, Cinthia Ribeiro tem 36,22% dos votos nas eleições, contra 14,59% do candidato Professor Júnior Geo (Pros). Palmas tem 98,73% dos votos apurados.

      Já em Curitiba, onde 95,12% das urnas foram apuradas, Rafael Greca venceu com 59,77% dos votos contra 13,26% do segundo colocado Goura.

    • 19:55

      Datafolha projeta 2º turno entre Paes e Crivella no Rio de Janeiro

      O Instituto Datafolha, conforme publicou o jornal Folha de São Paulo, projetou um segundo turno das eleições municipais entre os candidatos Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Crivella (Republicanos). Por ora, Paes tem 37,39% dos votos e Crivella tem 20,98%. No Rio de Janeiro, 30,11% das urnas foram apuradas.

      No Rio de Janeiro, o prefeito e candidato à reeleição, Marcelo Crivella (Republicanos), vota de máscara, em meio à pandemia da COVID-19, durante as eleições municipais, em 15 de novembro de 2020
      © Folhapress / Futura Press / Saulo Angelo
    • 19:27

      Em São Carlos, interior de SP, seção eleitoral usa cédulas de papel

      Na cidade de São Carlos, no interior de São Paulo, uma seção eleitoral na Universidade de São Paulo (USP) teve que utilizar cédulas de papel durante a votação. O uso das cédulas ocorreu após um problema mecânico em uma urna eletrônica utilizada na seção. Segundo publicou o portal G1, ainda não se sabe quantos votos utilizaram cédulas de papel.

    • 19:23

      TSE diz que apuração ocorre normalmente e que atraso é na divulgação

      A lentidão observada na apuração dos votos nas eleições municipais de 2020, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ocorre na divulgação dos dados. O TSE afirma que a contagem dos votos ocorre em velocidade normal.

    • 18:53

      Bruno Reis é eleito prefeito de Salvador, diz projeção

      O candidato Bruno Reis (DEM) foi reeleito prefeito da capital baiana, Salvador, com 63,76% dos votos, segundo projeção do Instituto Datafolha publicada pelo jornal Folha de São Paulo. A segunda colocada foi a candidata Major Denice (PT), que alcançou 18,83% dos votos. Salvador continua apurando os votos e já contou 16,56% dos votos.

    • 18:42

      Projeção do Datafolha aponta 2º turno em Belém entre PSOL e Patriota

      Uma projeção do Instituto Datafolha publicada pelo jornal Folha de São Paulo aponta que haverá um segundo turno em Belém, no Pará, entre os candidatos Edmilson Rodrigues (PSOL) e Delegado Federal Eguchi (Patriota).

      O candidato do PSOL tem 33,79% das urnas apuradas, enquanto o candidato do Patriota tem 23,91% dos votos. Belém tem uma das apurações mais avançadas entre as capitais do país e já contou 61,9% dos votos.

    • 18:34

      Datafolha: projeção aponta reeleição de Rafael Greca, em Curitiba, e Gean Loureiro, em Florianópolis

      Conforme publicado pelo Instituto Datafolha, duas capitais já têm prefeitos reeleitos em primeiro turno. Em Curitiba, Rafael Greca (DEM) conquistou 59,91% dos votos contra 13,88% do segundo colocado, Goura (PDT). Curitiba tem 26,76% das urnas apuradas.

      Já em Florianópolis, Gean Loureiro (DEM) chegou a 54,09% dos votos contra com 18,09% do candidato Professor Elson (PSOL). Florianópolis tem uma das apurações mais avançadas entre as capitais, com 77,04% dos votos apurados.

    • 17:54

      Uma hora após fechamento das urnas, 2 capitais já têm mais de 60% de votos apurados

      Florianópolis e Belém se destacam pela velocidade na contagem dos votos com pouco mais de uma depois do fim do horário das eleições. Florianópolis, em Santa Catarina, é a mais avançada na apuração e já contou 77,04% dos votos. Belém, no Pará, vem logo em seguida, com 61,9% dos votos apurados.

    • 17:42

      Boca de urna em Recife: João Campos com 35% e Marília Arraes com 30%

      A pesquisa de boca de urna do Ibope, publicada pelo site UOL, aponta que o segundo turno da capital pernambucana será entre João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT). O candidato João Campos aparece com 35% e Marília Arraes tem 30%, um resultado que surpreende por superar as expectativas das pesquisas de intenção de voto.

      Em Recife, a candidata Marília Arraes (PT), vota de máscara em meio à pandemia da COVID-19, durante as eleições municipais de 2020, em 15 de novembro de 2020
      © Folhapress / Futura Press / Marlon Costa

      Logo em seguida vem o candidato Mendonça Filho (DEM) com 19%, a candidata delegada Patrícia (Podemos) com 12%, e os candidatos Carlos (PSL), Charbel (Novo), Coronel Feitosa (PSC) e Thiago Santos (UP) com 1%.

    • 17:10

      Rio: boca de urna aponta 2º turno entre Paes, com 39%, e Crivella, com 20%

      Segundo publicou o portal G1, a pesquisa de boca de urna do Ibope aponta um segundo turno das eleições municipais entre os candidatos Eduardo Paes (DEM), com 39% dos votos, e o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), com 20%.

      Candidato Eduardo Paes (DEM) vota no Rio de Janeiro. Votação do ex-prefeito foi menor do que número de pessoas que não participaram do processo eleitoral
      © Folhapress / Immagini / Andre Melo Andrade

      Em seguida vêm as candidatas Benedita da Silva (PT), com 14%, e Martha Rocha (PDT), com 11%. Logo depois vêm Luiz Lima (PSL), com 6%, e Renata Souza (PSL), com 4%

    • 17:06

      Boca de urna em São Paulo: Bruno Covas com 33% e Guilherme Boulos com 25%

      Conforme publicou o portal G1, o Ibope aponta que o segundo turno das eleições em São Paulo será entre Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL). Covas lidera a pesquisa com 33% dos votos e Boulos surpreende alcançando 25%.

      Em São Paulo, o candidato a prefeito, Guilherme Boulos (PSOL), vota na PUC, de máscara devido à pandemia COVID-19, em 15 de novembro de 2020
      © Folhapress / Danilo Verpa

      Em seguida vêm Márcio França (PDT), com 13%. Logo depois vêm empatados com 8% os candidatos Jilmar Tatto (PT), Celso Russomano (Republicanos), e Arthur do Val (DEM), conhecido como Mamãe Falei.

      Além deles, Joice Hasselmann (PSL) aparece com 2% e com 1% estão Andrea Matarazzo (PSD), Levy Fidelix (PRTB), Marina Helou (Rede), Antônio Carlos (PCO). Abaixo de 1% estão Orlando Silva (PCdoB) e Vera Lúcia (PSTU).

    • 17:02

      Termina o horário para votação em quase todo o país

    • 16:09

      'Tudo está assustadoramente normal em toda parte do Brasil', diz presidente do TSE

      O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, afirmou que não houve relato de incidente com comparecimento de eleitor sem o uso da máscara, que é obrigatório durante esta eleição. Ele acrescentou que as eleições estão ocorrendo com normalidade. 

      Barroso informou também que 1.700 urnas (0,38% do total) tiveram que ser substituídas, mas não houve a necessidade de adotar o voto por papel. Todas as urnas eletrônicas que apresentaram irregularidades foram trocadas por reservas. 

    • 15:33

      TSE sofreu tentativa de derrubada do sistema e-Título, diz Barroso

      O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, informou que o sistema do aplicativo e-Título sofreu uma tentativa de derrubada por meio de um volume grande de acessos. De acordo com ele, "não houve nenhum tipo de impacto".

      Barros acrescentou que a instabilidade no aplicativo aconteceu devido ao desligamento de um dos servidores como "medida preventiva contra eventual ataque hacker".

    • 15:03

      Presidente do TSE diz que 30 candidatos foram presos durante eleições

      O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barros, declarou neste domingo (15), em coletiva de imprensa, que 30 candidatos foram presos, na maioria das vezes por "boca de urna ou propaganda ilegal no dia das eleições". 

      De acordo com ele, cerca de 550 mil candidatos disputam as eleições este ano.

    • 14:29

      Resultados começam a ser divulgados logo após fechamento das urnas

      Os primeiros resultados das eleições começam a ser divulgados às 17h, logo após o fechamento das urnas. 

    • 13:50

      Candidato a prefeito de Natal pelo PSL agride equipe de reportagem

      O candidato a prefeito de Natal Delegado Leocádio (PSL) agrediu uma equipe de reportagem do jornal Tribuna do Norte. 

      "Eu me aproximei para entrevistá-lo e perguntei se ele já havia votado. Ele não respondeu e tentou tomar o celular da minha mão. Depois, ainda puxou a máscara do nosso fotógrafo, Magnus Nascimento", contou o repórter Ícaro Carvalho.

    • 13:44

      Barroso diz que aplicativo e-Título está funcionando, mas muita gente deixou para baixar na última hora

      O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, declarou neste domingo (15), que o aplicativo e-Título, que permite que os usuários justifiquem a ausência nesta eleição ficou sobrecarregado, porque muita gente deixou para baixa na última hora.  

      "O e-Título está aí há muito tempo, mas deixaram para baixá-lo na última hora, e aí, milhares de acessos simultâneos, ele apresentou algum nível de instabilidade, mas ele está funcionando adequadamente", declarou Barroso. 

    • 12:56

      Bolsonaro registra o momento da sua votação no Rio de Janeiro

    • 12:30

      923 urnas eletrônicas foram substituídas no país, diz TSE

      O Tribunal Superior Eleitoral, em seu boletim das 12h, informou que 923 urnas eletrônicas tiveram que ser substituídas. Não houve necessidade de adotar o voto manual em nenhum local.

    • 12:30

      Em Porto Alegre, Manuela D'Ávila aparece liderando com 38% em pesquisa

      Uma pesquisa divulgada neste domingo (15) apontou que a candidata à prefeitura de Porto Alegre, Manuela D'Ávila (PCdoB), lidera a disputa com 38%, seguida de Sebastião Melo com 21% e Nelson Marchezan com 17%.

    • 12:19

      Rio de Janeiro tem 137 urnas substituídas na capital

      O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro divulgou terceiro boletim de urnas substituídas no estado. 

    • 11:43

      Mudanças nos locais de votação geram aglomerações em diversas zonas eleitorais do país

      Internautas relataram transtornos em zonas eleitorais de Goiânia. 

    • 11:41

      Após votar, Eduardo Paes ataca o prefeito Marcelo Crivella: 'destruiu a nossa cidade'

      O candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), votou na Zona Sul do Rio na manhã deste domingo (15), e evitou especular sobre o segundo turno.

      "Não me deprimo com pesquisa ruim, nem me animo com pesquisa boa. Mas óbvio que a pesquisa da véspera da eleição traz um sinal positivo. A gente só vai falar de um eventual segundo turno se houver segundo turno", disse.

      "Hoje é o momento em que a população vem soberana para as urnas e decide quem vai ser o futuro prefeito da cidade. O que eu tenho repetido é isso: o Rio não pode mais arriscar. Infelizmente a cidade escolheu um prefeito que nos últimos anos destruiu a nossa cidade, então a gente precisa ir com muita consciência para as urnas", acrescentou Eduardo Paes.

    • 11:26

      Ministério da Justiça diz que 27 candidatos foram presos ou conduzidos pela polícia

      Em boletim divulgado às 11h, o Ministério da Justiça informou que 27 candidatos foram presos ou conduzidos pela polícia. 

    • 11:10

      Pesquisa mostra Covas disparado na liderança em SP; 2º turno está indefinido

      De acordo com a pesquisa do Atlas Político, Bruno Covas aparece na liderança pela prefeitura de São Paulo com 31%, seguido por Guilherme Boulos com 18% e Celso Russomano com 16%. A margem de erro é de 2%.

    • 10:45

      TSE informa que 3 candidatos foram presos em Minas Gerais

      De acordo com o boletim do TSE, três candidatos de Minas Gerais foram presos por usar alto-falantes e fazer propaganda, o que é considerado violação eleitoral no dia do pleito. 

    • 10:40

      Eduardo Paes votou na Zona Sul do Rio de Janeiro

      Favorito nas pesquisas para a prefeitura do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), votou na Gávea na manhã deste domingo (15).

    • 10:28

      Prefeito do Rio, Marcelo Crivella, chega para votar em busca da reeleição

      O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, votou na Barra da Tijuca na manhã deste domingo (15). Ele disse estar confiante na reeleição. 

      Ao chegar na zona eleitoral, o atual prefeito do Rio de Janeiro foi recebido com críticas por eleitor.

    • 10:17

      431 urnas eletrônicas tiveram que ser substituídas em todo o país

      O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou um balanço informando que, até as 10h deste domingo (15), 431 urnas eletrônicas tiveram que ser substituídas em todo o país. Não houve registro da necessidade de voto manual em nenhum dos locais. 

    • 10:03

      Presidente Jair Bolsonaro chega para votar no Rio de Janeiro

      O presidente Jair Bolsonaro chegou ao RJ após sair por volta das 07h45 da manhã deste domingo (15) do Palácio da Alvorada, em Brasília. De acordo com sua assessoria de imprensa, o local de votação de Bolsonaro será isolado.

    • 09:31

      Candidato à reeleição em Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD) chega para votar

      O candidato à reeleição em Belo Horizonte, Minas Gerais, Alexandre Kalil compareceu ao Colégio Estadual Central, na região Centro-Sul da capital para votar.

    • 09:13

      Eleitora comparece sem máscara e é impedida de entrar em seção eleitoral no Paraná

      A eleitora de Cascavel (PR) foi barrada na seção eleitoral após comparecer ao local de votação sem máscara, item obrigatório. Após obter a máscara, a eleitora foi autorizada a votar.

    • 09:10

      TSE informa que aplicativo e-título pode apresentar instabilidade temporária

      Após eleitores relatarem problemas no aplicativo e-título, o TSE informou que o app pode apresentar instabilidade temporária devido ao excesso de acessos.

    • 08:56

      Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vota em São Bernardo do Campo

      Na manhã deste domingo (15), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva votou em São Bernardo do Campo, na região do ABC. Na ocasião, o ex-presidente afirmou que "votar é um gesto muito grande de consolidação da democracia [...]".

    • 08:48

      Ministério da Justiça divulga balanço de ocorrências registradas na Operação Eleições 2020

      De acordo com os números comunicados, foram registrados em todo o país seis ameaças contra candidatos, duas tentativas de homicídio de candidatos, duas lesões corporais, 31 casos de compra de votos, 17 ocorrências de boca de urna, oito casos de fake news e três ocorrências de transporte ilegal de eleitores.

    • 08:25

      Ausência nas eleições poderá ser justificada pelo celular

      Para aqueles que não puderem comparecer à votação, a ausência poderá ser justificada pelo celular, com o e-título. O app pode ser baixado para smartphone ou tablet, nas plataformas iOS ou Android. Após baixá-lo, basta inserir os dados pessoais.

    • 07:31

      Ex-presidente Michel Temer (PMDB) vota em São Paulo

      O ex-presidente Michel Temer votou por volta das 07h em sua seção eleitoral na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC) em Perdizes, Zona Oeste de São Paulo.

    • 07:26

      Tribunal Superior Eleitoral dá dicas de segurança contra COVID-19 nas eleições 2020

      O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa que o uso de máscara é obrigatório. Além disso, o protocolo adotado para as eleições 2020 inclui a limpeza das mãos com álcool em gel e distanciamento social.

    • 07:20

      'Santinhos' tomam conta de locais de votação

      Diversos locais de votação amanheceram cobertos pelos populares "santinhos". Eleitores reportam a invasão de "santinhos" e alertam para "escorregão".

    • 07:05

      No maior colégio eleitoral de Caxias do Sul, eleitores formam fila logo cedo para votar

      Às 06h10 deste domingo (15), os eleitores já formavam fila na Escola Estadual Alexandre Zattera, o maior colégio eleitoral de Caxias do Sul.

    Ao vivo
    Acompanhe os principais destaques das eleições municipais no Brasil
    +

    Mais:

    Eleições 2020: TSE envia 1.020 denúncias sobre disparo em massa via WhatsApp em 1 mês
    Apagão: eleições em Macapá são adiadas após decisão de Barroso no TSE
    Faltando 3 dias para eleição, TSE diz que sua rede está instável
    Tags:
    2020, vereadores, prefeitos, candidatos, eleições municipais, Brasil, votação, Tribunal Superior Eleitoral, TSE, eleições, eleição
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar