20:57 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    Eduardo Paes (DEM) aumentou vantagem em relação aos demais candidatos para a prefeitura do Rio de Janeiro, pulando de 31% para 34%, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (11). 

    Em segundo lugar, aparece o atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), que foi de 15% para 14%. Em terceiro, está Martha Rocha (PDT), que caiu de 13% para 11%. Na quarta colocação surge Benedita da Silva (PT), estacionada com 8%. 

    Em um eventual segundo turno entre o ex-prefeito Eduardo Paes e o atual alcaide, o candidato do DEM venceria por 58% a 22%. Já se a disputa fosse com Martha Rocha, Paes venceria, mas com margem mais apertada, 46% a 35%. 

    A rejeição de Crivella é grande, já que 62% dos entrevistados disseram que não votariam nele de jeito nenhum. 

    São Paulo

    Em São Paulo, o juiz eleitoral Marco Antonio Martin manteve nesta quarta-feira (11) censura à publicação de pesquisa do Datafolha sobre a corrida eleitoral na cidade.

    Na terça-feira (10), o magistrado acatou pedido da coligação do candidato Celso Russomanno (Republicanos), que tem apoio do presidente Jair Bolsonaro, para proibir a divulgação da enquete.

    A campanha de Russomanno alega que existem falhas de metodologia na pesquisa. O candidato, que chegou a liderar nas enquetes, sofreu forte queda e agora aparece disputando um lugar no segundo turno com Guilherme Boulos (Psol). O atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), está à frente. 

    Recife

    Em Recife, a diferença entre João Campos (PSB) para os adversários caiu. O filho do ex-governador Eduardo Campos foi de 31% para 29%. Enquanto isso, Marília Arraes (PT) saiu de 21% para 22%; Mendonça Filho (DEM) subiu de 16% para 18%; e a Delegada Patrícia (Podemos), que tem apoio de Bolsonaro, oscilou de 14% para 15%. 

    BH

    Em Belo Horizonte, a liderança de Alexandre Kalil (PSD) continua consolidada. O atual prefeito oscilou de 65% para 63%; João Vitor Xavier (Cidadania) variou de 7% para 8%; e Áurea Carolina (Psol) subiu de 5% para 6%. 

    Mais:

    Deputado pede que Felipe Neto e Boulos sejam investigados por apoio a ato antifascista
    'Guardiões do Crivella': Flávio Bolsonaro sai em defesa do prefeito carioca
    China se abstém de comentar sobre possível vitória de Biden nas eleições americanas
    Tags:
    Belo Horizonte, Recife, Guilherme Boulos, São Paulo, Rio de Janeiro, eleições, Marcelo Crivella, Celso Russomanno, Eduardo Paes, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar