04:24 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    5933
    Nos siga no

    Defesa do senador Flávio Bolsonaro alega que o telejornal descumpriu uma ordem judicial ao veicular informações da denúncia do Ministério Público no caso da "rachadinha".

    Advogados do senador Flávio Bolsonaro apresentaram nesta sexta-feira (6) uma notícia-crime junto à Delegacia de Repressão Aos Crimes de Informática (DRCI), no Rio de Janeiro, para apurar o crime de desobediência por parte dos jornalistas William Bonner e Renata Vasconcellos.

    ​Segundo a denúncia, em publicação confirmada pela revista Veja, os advogados citam o fato da emissora ter divulgado dados do depoimento de Luiza Souza Paes, ex-assessora do senador, que confirmava a existência do esquema de transferência de parte dos salários para Fabrício Queiroz, apontado como operador do esquema de corrupção.

    Além da ocorrência, os advogados de Flávio Bolsonaro entraram com uma ação na 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio exigindo que a TV Globo receba multas de R$ 500 mil toda vez que exibir reportagens sobre a sua investigação.

    Os dois âncoras do Jornal Nacional devem ser convocados para prestar depoimentos na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática nos próximos dias.

    Mais:

    MPF nega pedido de Flávio Bolsonaro para mudar data de acareação sobre suposto vazamento de operação
    MP vai denunciar Flávio Bolsonaro por esquema de rachadinha, diz jornal
    Globo é xingada de 'lixo' após reportar 'denúncia' do MP-RJ contra Flávio Bolsonaro por rachadinhas
    Tags:
    acusação, denúncia, Ministério Público, Flávio Bolsonaro, TV Globo, Jornal Nacional
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar