08:52 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    120
    Nos siga no

    Policiais civis cumprem mandado de busca e apreensão em dez estados brasileiros nesta sexta-feira (6). Outras frentes da operação atuam em mais 4 países: Estados Unidos, Panamá, Argentina e Paraguai.

    O objetivo da operação é combater crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes cometidos pela Internet. Durante as operações, os suspeitos podem ser presos em flagrante caso os policiais encontrem material pornográfico nos endereços.

    As 27 prisões em flagrante no Brasil aconteceram em nove estados: Alagoas (1), Goiás (1), Mato Grosso (1), Pará (3), Paraná (4), Rio de Janeiro (1), Rio Grande do Sul (1), Santa Catarina (8) e São Paulo (29). Policiais civis também realizaram mandados de busca e apreensão no Ceará, sem prisões até o fechamento desta matéria.

    Durante a operação, policiais civis encontraram até um estúdio destinado à captação de imagens das vítimas, em São Bernardo do Campo (SP), conforme noticiou o G1.

    Policiais encontraram um estúdio para gravar imagens de crianças e adolescentes vítimas de exploração sexual
    Policiais encontraram um estúdio para gravar imagens de crianças e adolescentes vítimas de exploração sexual

    Além do Brasil, a operação também conta com frentes de ação em outros quatro países, onde já aconteceram 52 prisões no total: Estados Unidos (9), Panamá (7), Argentina (34) e Paraguai (2). Segundo o Ministério da Justiça do Brasil, as operações nos EUA são cumpridas nas cidades de Knoxville, Nashville, Dallas, Raleigh e Pittsburgh.

    Esta é a sétima fase da Operação Luz na Infância, que já realizou prisões nas fases anteriores. No Brasil, a pena para exploração sexual de menores pode chegar a 8 anos de prisão. 

    Mais:

    Apple rastreia fotos de usuários? É só para prevenir pornografia infantil, garante a gigante
    Escócia considera usar castração química para criminosos sexuais
    Superior Tribunal de Justiça pode ter sido alvo de ataque cibernético e aciona Polícia Federal
    Tags:
    Prisão, pornografia infantil, operação, Polícia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar