19:42 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Coronavírus no mundo no fim de outubro (54)
    5172
    Nos siga no

    Neste sábado (31), o Ibope divulgou uma pesquisa mostrando que a maioria dos eleitores paulistanos discorda da visão crítica do presidente Jair Bolsonaro sobre a vacina CoronaVac.

    Conforme publicou o portal G1, 67% dos eleitores da capital paulista discordam de Bolsonaro sobre o tema, sendo que 54% afirmam discordar totalmente do presidente brasileiro e 13% discordam parcialmente.

    A pesquisa também aponta que 27% concordam com Bolsonaro, sendo que 19% concordam totalmente e 8% concordam parcialmente. Outros 2% apontam que não concordam, nem discordam e 3% não sabem ou não responderam. Os números foram arredondados.

    A pesquisa foi realizada entre os dias 28 e 30 de outubro e ouviu 1.204 eleitores, perguntando: "O presidente Jair Bolsonaro anunciou que não pretende comprar a vacina contra o coronavírus desenvolvida na China mesmo que ela seja aprovada pelas autoridades competentes da área da Saúde. O(A) sr(a) concorda ou discorda do posicionamento do presidente da República?".
    Em São Paulo, o governador paulista, João Doria (PSDB), exibe uma dose da vacina chinesa contra a COVID-19, a Coronavac, em 30 de setembro de 2020
    © Folhapress / Photo Press / Bruno Escolástico
    Em São Paulo, o governador paulista, João Doria (PSDB), exibe uma dose da vacina chinesa contra a COVID-19, a Coronavac, em 30 de setembro de 2020

    A vacina CoronaVac é desenvolvida em parceria entre o Instituto Butantan, de São Paulo, e a farmacêutica chinesa Sinovac. A candidata a imunizante contra a COVID-19 está em fase avançada de testes e tornou-se pivô de polêmica após o presidente Bolsonaro interferir no Ministério da Saúde para impedir que o governo federal comprasse cerca de 46 milhões de doses da vacina em acordo com o governo do estado de São Paulo. A interferência do presidente desautorizou um acordo já fechado, abrindo nova crise no governo.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no fim de outubro (54)

    Mais:

    Vamos entrar na Justiça para impedir que ideologia barre vacina chinesa, diz deputada à Sputnik
    Vacina chinesa demonstra excelentes resultados e polêmica só atrapalha, diz virologista
    Pequim responde à rejeição do Brasil de comprar vacina chinesa CoronaVac
    Tags:
    São Paulo, Vacina CoronaVac, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar