01:30 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil enfrenta COVID-19 no fim de outubro (38)
    192
    Nos siga no

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski decidiu, nesta sexta-feira (23), que vai levar ao plenário o julgamento de ações sobre a realização compulsória de vacinação para combater a pandemia da COVID-19.

    Lewandowski afirmou em sua decisão que o debate em plenário é necessário diante da "importância da matéria e [da] emergência de saúde pública decorrente do surto do coronavírus".

    O ministro abriu mão de emitir uma decisão individual a respeito do tema ao aplicar o chamado rito abreviado, que permite o exame do caso diretamente pelos demais ministros da Corte.

    Lewandowski pediu informações à Presidência da República, à Advocacia-Geral da União e à Procuradoria-Geral da República. O julgamento ainda não tem data para ocorrer.

    O STF reúne atualmente três ações sobre o tema. Elas tratam de diferentes aspectos decorrentes da possibilidade da obrigatoriedade da vacinação contra COVID-19 e foram enviadas pela Rede Sustentabilidade, PDT e PTB.

    Tema:
    Brasil enfrenta COVID-19 no fim de outubro (38)

    Mais:

    Colegiado do STF mantém decisão de Fux e determina prisão de André do Rap
    Após polêmica com André do Rap, Fux promete fim de decisões monocráticas no STF
    Barroso leva ao plenário do STF decisão que afastou senador flagrado com notas entre as nádegas
    Indicação de Kassio Marques ao STF mostra que Bolsonaro passou a fazer política, explica analista
    Kassio Marques tomará posse no STF no dia 5 de novembro em cerimônia virtual
    Tags:
    Ricardo Lewandowski, Supremo Tribunal Federal (STF), imunização, imunizante, novo coronavírus, vacinação, vacina, Brasil, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar