01:07 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1141
    Nos siga no

    Decisão do presidente foi publicada no Diário Oficial da União (DOO). A cueca repleta de dinheiro pegou muita gente de surpresa, de Roraima a Rio Grande do Sul.

    O presidente Jair Bolsonaro retirou o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) da vice-liderança do governo no Senado menos de 24 horas após revelação de que o parlamentar foi flagrado com dinheiro vivo na cueca durante operação da Polícia Federal ontem (14).

    Rodrigues é um dos principais aliados do governo no Poder Legislativo e foi um dos alvos de ação chamada de Desvid-19 contra desvio de recursos públicos na luta contra a COVID-19. Foram encontrados com ele R$ 30 mil. Em seguida, o Senador divulgou nota negando que tenha envolvimento no ato e que confiava na Justiça. 

    "Tenho um passado limpo e uma vida decente. Nunca me envolvi em escândalos de nenhum porte. Se houve processos contra minha pessoa no passado, foram provados na Justiça que sou inocente", disse o engenheiro agrônomo, ex-governador de Roraima em 2014 e que foi eleito para o Senado em 2018 com 111.318 votos. 

    O despacho foi publicado em edição extra no Diário Oficial da União.

    Mais:

    Bolsonaristas arrependidos dão novo sobrenome a Jair Bolsonaro e ganham topo do Twitter
    PF encontra dinheiro 'sujo de fezes' entre as nádegas de vice-líder de Bolsonaro, diz revista
    'Motivo de orgulho', diz Bolsonaro sobre operação que flagrou senador com dinheiro na cueca
    Tags:
    Roraima, Polícia Federal, senador, Senado, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar