03:25 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Coronavírus no Brasil no início de outubro (21)
    0 02
    Nos siga no

    O Ministério da Saúde reconheceu aumento de casos de COVID-19 na cidade de Manaus, durante a entrevista coletiva desta quinta-feira (1º).

    O secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, reconheceu um aumento no registro de casos e no número de óbitos no sistema.

    "A gente verifica que houve um aumento de registro tanto de casos quanto de óbitos. São registros de casos que estavam aberto em meses anteriores", afirmou o secretário, citado pela Agência Brasil.

    Segundo o alto funcionário, no entanto, ainda seria cedo para determinar uma segunda onda de COVID-19 na região.

    "A gente não consegue entender ainda de que estamos tratando: de uma segunda onda na cidade de Manaus ou no estado do Amazonas como um todo. Muitas vezes, o registro de novos óbitos e novos casos que fazemos a cada dia não quer dizer que aqueles óbitos ou casos aconteceram naquele dia em que foram divulgados, mas que foram analisados e revisados", explicou.

    De acordo com a pasta, não houve evolução significativa no número de internados e na ocupação de leitos de UTI.

    O Brasil permanece em segundo lugar com mais mortes provocadas pela COVID-19 em todo o mundo, atrás apenas de Estados Unidos, que registra 204.642 óbitos pela doença. Em número de casos confirmados, o país está atrás de Estados Unidos (7.115.491) e Índia (6.312.584). Ao todo, há registro de 216 casos com registros de COVID-19 pelo mundo.

    Tema:
    Coronavírus no Brasil no início de outubro (21)

    Mais:

    CEO de empresa de Defesa dos EUA é acusado de fraude milionária em auxílio contra a COVID-19
    Governo Bolsonaro desviou R$ 7,5 milhões doados para testes da COVID-19 a projeto da primeira-dama
    Vacinas contra COVID-19 baseadas em novos métodos devem ser checadas após a fase 3, diz médico
    Tags:
    Manaus, COVID-19, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar