05:53 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    6613
    Nos siga no

    Após passar por cirurgia de remoção de cálculo da bexiga no Hospital Albert Einstein, presidente tem quadro de saúde sem dor ou febre, segundo médicos.

    Apesar do estado clínico "estável, afebril e sem dor", o hospital ainda não deu previsão de alta.

    A cirurgia, que durou por volta de uma hora e meia, foi encerrada sem intercorrências, segundo publicou o Correio Braziliense.

    O presidente, foi submetido a uma intervenção cirúrgica chamada citolitotripsia endoscópica a laser sob anestesia, que é considerada um procedimento minimamente invasivo e simples.

    Desta forma, os médicos removeram uma pedra da bexiga de Bolsonaro com a ajuda de um cano fino através do canal da uretra. Logo em seguida, a pedra foi fragmentada com a ajuda de laser.

    Ainda no início de setembro, o presidente havia dito que tinha uma pedra na bexiga cujo tamanho era "maior que um grão de feijão".

    Sexta cirurgia

    Desde a facada que recebeu em 2018 durante campanha presidencial, Bolsonaro já passou por outras cinco cirurgias, além da de hoje.

    Entre elas figura-se uma cirurgia de emergência em decorrência de uma complicação causada pela aderência das paredes do intestino, tendo que retirar uma bolsa de colostomia.

    Da mesma forma, uma hérnia incisional da região onde recebeu a facada foi corrigida durante outro procedimento cirúrgico.

    Mais:

    Livro comprometedor para Bolsonaro leva ex-ministro Mandetta ao topo do Twitter
    Pesquisa revela: 4 em cada 10 brasileiros consideram o governo Bolsonaro bom ou ótimo
    Julgamento no STF sobre depoimento de Bolsonaro será em plenário virtual
    Tags:
    cirurgia, saúde, Hospital Albert Einstein, Jair Bolsonaro, operação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar