05:43 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    O ex-secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda, Lucas Tristão, se apresentou à Polícia Federal no fim da manhã desta sexta-feira (28) e foi preso.

    Tristão é um dos alvos da Operação Tris in Idem, mas não foi encontrado nas buscas da polícia no início da manhã.

    Tristão foi aluno do governador afastado Wilson Witzel e acabou exonerado depois de se desgastar com a Alerj pela ligação próxima ao empresário Mário Peixoto, denunciado por corrupção, de quem Tristão foi advogado.

    A operação deflagrada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta sexta-feira (28) prendeu até o momento sete pessoas, entre elas, o Pastor Everaldo, presidente do PSC. As informações foram publicadas pelo portal G1.

    O STJ determinou também o afastamento imediato de Wilson Witzel do cargo de governador do estado do Rio de Janeiro por 180 dias.

    Witzel negou os crimes e disse que vai recorrer contra o afastamento quando tiver acesso às provas que fundamentam a decisão.

    Mais:

    Governador do Rio, Wilson Witzel, é afastado do cargo pelo STJ e PF prende Pastor Everaldo
    Wilson Witzel é 6° governador do RJ investigado por corrupção em menos de 4 anos
    'Há interesses que não me querem governando o RJ', diz Witzel em pronunciamento após ser afastado
    Tags:
    desvio de dinheiro público, desvio de verbas públicas, desvios, corrupção, Rio de Janeiro, secretário, Wilson Witzel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar