14:55 27 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil na pandemia do coronavírus em meados de agosto (62)
    220
    Nos siga no

    Pesquisa sobre os impactos no bolso do brasileiro criados pelo coronavírus mostra quais parcelas da população foram mais afetadas pela pandemia.

    O levantamento do PoderData, divulgado pelo Poder360, mostra que 62% dos brasileiros tiveram emprego ou fonte de renda prejudicados por causa da COVID-19. Outros 33% não foram afetados e 5% não responderam.

    Os grupos que mais foram afetados negativamente foram: jovens de 16 a 24 anos (83%), trabalhadores sem renda fixa (76%), pessoas com ensino médio (71%), moradores da região Norte (65%).

    Já os grupos menos afetados foram: trabalhadores com vencimentos acima de dez salários mínimos (38%) e de cinco a dez salários mínimos (40%), pessoas com idade igual ou superior a 60 anos (38%) e trabalhadores com ensino superior (52%).

    A pesquisa foi realizada de 3 a 5 de agosto de 2020 por meio de ligações telefônicas. Foram 2.500 entrevistas em 560 municípios, nas 27 unidades da Federação e a margem de erro é de 2 pontos percentuais.

    De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 12,8 milhões de desempregados.

    Tema:
    Brasil na pandemia do coronavírus em meados de agosto (62)

    Mais:

    Brasil: faixa de 1 a 2 salários mínimos corresponde a 75% do desemprego na pandemia
    Chile atinge maior taxa de desemprego em 10 anos
    IBGE: desemprego acelera no Brasil e chega a 13,1%
    Desemprego no Brasil sobe para 13,3% no 2º trimestre, atingindo 12,8 milhões de pessoas
    Tags:
    Brasil, COVID-19, pandemia, levantamento, pesquisa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar