09:04 02 Março 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil na pandemia do coronavírus em meados de agosto (62)
    0 20
    Nos siga no

    Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (11) mostram que o estado do Amazonas iniciou um processo de recuperação de sua produção industrial.

    Segundo os dados do IBGE, a produção industrial cresceu em 14 de 15 locais pesquisados. Apesar disso, o Amazonas é o único estado do país que conseguiu recuperar o nível de produção anterior à pandemia da COVID-19.

    No geral, a indústria brasileira teve alta de 8,9% registrada no mês de junho, impulsionada pela produção de carros e caminhões. Somada ao crescimento do mês anterior, a expansão foi de 17,9%. No entanto, o índice ainda está 13,5% abaixo do registrado antes do início da pandemia.

    Instalações do Laboratório de Segurança Veicular Volkswagen Brasil, na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) (foto de arquivo)
    © Folhapress / Eduardo Knapp
    Instalações do Laboratório de Segurança Veicular Volkswagen Brasil, na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) (foto de arquivo)

    Entre os estados, os maiores avanços detectados pelo IBGE na produção industrial ocorreram no Amazonas e no Ceará, que cresceram 65,7% e 39,2% respectivamente.

    O crescimento no Amazonas foi impulsionado pela venda e motos e de bebidas. A produção industrial no estado cresceu 95,1%, recuperando as perdas do período de pandemia. O IBGE destaca que o estado foi um dos primeiros a reabrir a economia.

    Apesar do crescimento mensal, em relação ao ano passado houve queda na produção na maior parte dos estados - 12 de 15, incluindo o Amazonas.

    Tema:
    Brasil na pandemia do coronavírus em meados de agosto (62)

    Mais:

    IBGE: 62,4% das empresas foram afetadas negativamente pela pandemia de COVID-19
    IBGE: população desocupada é estimada em 12,2 milhões de brasileiros
    Inflação no Brasil fica em 0,36% em julho puxada por alta na gasolina e energia elétrica, diz IBGE
    Tags:
    COVID-19, IBGE, Amazonas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar