06:01 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    151
    Nos siga no

    A Justiça Federal autorizou nesta segunda-feira (10) a viagem do ex-presidente Michel Temer ao Líbano para atuar em uma missão do governo brasileiro que busca ajudar o país após a explosão em Beirute que deixou 150 mortos.

    A decisão foi tomada pelo juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, que prevê que Temer viaje entre os dias 12 e 15 de agosto com o objetivo de integrar a missão.

    Bolsonaro havia oficializado a viagem do ex-presidente e de mais 12 pessoas em missão de ajuda ao Líbano através de uma publicação extra no Diário Oficial da União desta segunda-feira (10).

    Temer é filho de libaneses e se encarregaria de chefiar a missão. As informações foram publicadas pelo portal G1.

    A autorização para a viagem de Temer se tornou necessária porque o ex-presidente é réu em duas ações penais e está impedido de fazer viagens internacionais.

    Mais:

    Governo libanês renuncia em meio a protestos em massa
    Bolsonaro comunica ajuda ao Líbano e convida Temer para chefiar missão
    Convidado a chefiar missão no Líbano, Temer não pode viajar sem autorização judicial
    Tags:
    explosão, mortes, missão humanitária, Brasil, Líbano, Michel Temer
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar