05:33 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil na pandemia de coronavírus no início de agosto (49)
    220
    Nos siga no

    O estado de São Paulo registrou 25.016 óbitos e 621.731 casos confirmados do novo coronavírus, segundo o boletim divulgado na tarde deste sábado (8) pelo governo do estado.

    Entre o total de diagnosticados com COVID-19, 397.653 pessoas estão recuperadas, sendo que 75.806 foram internadas e tiveram alta hospitalar. As taxas de ocupação dos leitos de UTI chegaram a 58,1% na Grande São Paulo e 59,8% no estado nesta semana, informou o governo do estado.

    O número de pacientes internados é de 12.729, sendo 7.276 em enfermaria e 5.453 em unidades de terapia intensiva.

    Entre os mortos estão 14.416 homens e 10.600 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 75,2% das mortes. A mortalidade é maior entre 70 e 79 anos (6.251), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (5.816) e 80 e 89 anos (5.072).

    Entre as demais faixas estão os menores de dez anos (36), de dez a 19 anos (44), de 20 a 29 anos (202), de 30 a 39 anos (775), de 40 a 49 anos (1.694), de 50 a 59 anos (3.444) e os maiores de 90 anos (1.682).

    Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (58,8% dos óbitos), diabetes mellitus (43,2%), doenças neurológicas (11%) e renal (9,4%), pneumopatia (8,2%). Outros fatores identificados são obesidade (7,1%), imunodepressão (5,7%), asma (3,1%), doenças hepáticas (2,1%) e hematológica (1,9%), Síndrome de Down (0,5%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%). Esses fatores de risco foram identificados em 19.994 pessoas que faleceram por COVID-19 (79,9%).

    Tema:
    Brasil na pandemia de coronavírus no início de agosto (49)

    Mais:

    OMS: Brasil é líder mundial em mortes confirmadas por COVID-19 em 24h
    Tragédia: Brasil chega a 100 mil mortos por COVID-19
    Congresso e STF decretam luto após Brasil chegar a marca de 100 mil mortos pela COVID-19
    Tags:
    COVID-19, Brasil, São Paulo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar