09:04 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    362
    Nos siga no

    Justiça expediu mandado de prisão contra Alexandre Baldy, secretário de Transportes do estado de São Paulo, e um pesquisador da Fiocruz por fraude na Saúde.

    Além de Baldy e do pesquisador da Fiocruz Guilherme Franco Netto, outros quatro mandados de prisão foram expedidos, além de 11 de busca e apreensão.

    Segundo as investigações, Baldy estaria envolvido em desvios na Saúde no Rio de Janeiro e em São Paulo, com o envolvimento de órgãos federais, publicou o G1.

    Além disso, o secretário também responde por ações possivelmente criminosas cometidas antes de assumir a Secretaria de Transportes Metropolitanos do estado.

    Ainda de acordo com a PF, existe "conluio entre empresários e agente públicos, que tinham por finalidade contratações dirigidas".

    Os mandados foram expedidos pelo juiz federal Marcelo Bretas da 7ª Vara Federal Criminal.

    As apreensões estão sendo feitas no cunho da Operação Dardanários que faz parte do contexto da Lava Jato.

    O cumprimento dos mandados está sendo executado em Petrópolis (RJ), Goiânia (GO), Distrito Federal e São José do Rio Preto (SP).

    Mais:

    Aras x Lava Jato: PGR quer corrigir excessos ou implodir operação?
    Moro rebate Aras: 'Desconheço ilícitos na Lava Jato'
    Disputa por dados da Lava Jato faz procuradores deixarem operação e abre crise na PGR
    Tags:
    Rio de Janeiro, São Paulo, Fiocruz, fraude, corrupção, prisão, Operação Lava Jato
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar