09:13 25 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    492
    Nos siga no

    Neste sábado (1º), o Facebook informou o cumprimento da determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, de bloquear contas de bolsonaristas no exterior.

    Apesar de acatar a decisão na manhã deste sábado (1º), a empresa afirmou que considera a decisão "extrema" e que vai recorrer no STF contra a determinação do ministro. Anteriormente, os perfis foram bloqueados apenas dentro do Brasil.

    Na sexta-feira (31), Moraes multou o Facebook em R$ 1,92 milhão por descumprir a ordem. Além disso, o ministro intimou o presidente da empresa no Brasil, Conrado Lester.

    O blogueiro Allan dos Santos cumprimenta o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) durante sessão da CPMI das Fake News, em 5 de novembro de 2019.
    © Foto / Agência Senado / Roque de Sá
    O blogueiro Allan dos Santos cumprimenta o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) durante sessão da CPMI das Fake News, em 5 de novembro de 2019.

    Alexandre de Moraes determinou na quinta-feira (30) o bloqueio internacional de contas de apoiadores do presidente brasileiro Jair Bolsonaro. O ministro também decidiu aumentar a multa em caso de descumprimento da decisão.

    No total, foram 12 contas no Facebook e 16 contas no Twitter bloqueadas para "interromper discursos criminosos de ódio", segundo a decisão do ministro do STF. Entre os perfis estavam as contas de Allan dos Santos, dono do site Terça Livre; Luciano Hang, dono das lojas Havan; e também do presidente do PTB, Roberto Jefferson.

    Mais:

    A pedido de Moraes, Facebook e Twitter bloqueiam contas de investigados em inquérito das fake news
    Bolsonaro ingressa com ação no STF contra suspensão de perfis de aliados
    Presidente do STF defende 8 anos de inelegibilidade para juízes e promotores
    Tags:
    Twitter, Facebook, Roberto Jefferson, Luciano Hang, STF, Brasil, Alexandre de Moraes
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar