03:27 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Por
    COVID-19 e o mundo no final de julho (43)
    10430
    Nos siga no

    Com a vacina russa contra COVID-19 podendo ser liberada para uso civil já em 15 de agosto, a web tomou fôlego e virou os olhos para a Rússia.

    De acordo com fonte informada, o registro da vacina russa contra o coronavírus desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya é esperado que aconteça entre 10 e 12 de agosto.

    Anteriormente, uma fonte governamental revelou que a vacina pode vir a ser registrada no início de agosto, com uso inicial sendo seletivo. Primeiro será disponibilizada aos assim chamados grupos de risco, por exemplo, médicos, com a utilização em massa se tornando possível no começo do ano que vem.

    A novidade está sendo bem recebida em todo o mundo, e internautas brasileiros estão se mostrando ansiosos para receber a vacina russa, que trouxe a esperança que estava faltando há meses.

    O assunto "Rússia" já recebeu mais de 300 mil tweets, e é uma mistura de memes com ideais socialistas de outra época russa.

    ​Todo mundo já garantiu a touca soviética para tomar a vacina?

    ​Comprar ou produzir, eis a questão.

    ​Em busca de um sonho.

    ​Adeus, Brasil.

    ​O desespero de Trump.

    ​A fila de brasileiros esperando a vacina russa daqui a duas semanas.

    ​Já aprendeu o hino soviético?

    ​Como não confiar?

    ​Aproveite a chance, Bolsonaro!

    Tema:
    COVID-19 e o mundo no final de julho (43)

    Mais:

    Dados confirmam segurança de vacina russa contra COVID-19 com alta de primeiros voluntários
    Rússia conclui com sucesso testes de vacina contra coronavírus
    Paraná e Rússia podem firmar parceria por vacina contra COVID-19
    Tags:
    COVID-19, vacina, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar