19:30 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    2131
    Nos siga no

    Severino Cavalcanti, deputado federal por três mandatos, renunciou em 2005 em meio ao escândalo político do "mensalinho". Seu enterro ocorre nesta quarta-feira (15) em João Alfredo, Pernambuco.

    Na madrugada desta quarta-feira (15), o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Severino José Cavalcanti Ferreira, faleceu aos 89 anos, em sua residência na Zona Sul do Recife, divulga o portal G1.

    Até o momento, não há informações sobre a causa da morte. A previsão é de que o enterro ocorra às 15h00, em sua cidade natal, João Alfredo, em Pernambuco.

    Cavalcanti contou com três mandatos como deputado federal: entre 1995 e 1999, entre 1999 e 2003 e entre 2003 e 2007.

    O pernambucano renunciou ao último mandato em 21 de setembro de 2005 após denúncias de que cobrava mensalmente propinas de R$ 10 mil reais do proprietário de um dos restaurantes da Câmara. O episódio ficou conhecido como "mensalinho".

    Além disso, Severino Cavalcanti foi deputado estadual por sete mandatos de 1967 a 1995. O político foi prefeito de João Alfredo brevemente de 1964 a 1966, retornando à gestão do município entre os anos de 2009 e 2012.

    Em uma nota, Paulo Câmara (PSB), atual governador do estado de Pernambuco, lamentou a morte de Severino: "Deixa uma lacuna na política de Pernambuco."

    Mais:

    Mais praias de Pernambuco são afetadas pelo óleo
    Queiroz assistiu jogos de futebol do filho com ajuda de deputado federal do PSL, diz jornal
    Randolfe diz que pedirá investigação sobre suposta rachadinha em gabinete de Bolsonaro na Câmara
    Tags:
    falecimento, político, deputados, Câmara dos Deputados
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar