09:16 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil combatendo pandemia do coronavírus em meados de julho (47)
    241
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (14), o Banco Central do Brasil divulgou o índice IBC-Br, considerado a prévia do Produto Interno Bruto (PIB), apontando crescimento na economia brasileira em maio.

    A publicação aponta crescimento econômico de 1,31% no mês de maio deste ano. O índice é publicado todos os meses pelo Banco Central, enquanto os valores do PIB são atualizados uma vez por trimestre pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo informou o IBGE, o primeiro trimestre de 2020 registrou queda de 0,3%.

    Da mesma forma, abril também teve resultado negativo segundo os dados divulgados pelo IBC-Br, com queda no PIB de 9,73% no mês. O Monitor do PIB da Fundação Getúlio Vargas (FGV) também aponta queda de 6,1% no trimestre terminado em abril.

    Comércio da cidade do Rio de Janeiro funciona com restrições.
    © Foto / Fernando Frazão/Agência Brasil
    Comércio da cidade do Rio de Janeiro funciona com restrições.

    Apesar do resultado positivo em maio, a expectativa do PIB brasileiro para o ano de 2020 é de forte queda, assim como da maioria dos países, conforme apontam instituições internacionais como o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional.

    Para o ano todo, o Banco Mundial chegou a apontar queda de 8% no PIB brasileiro, enquanto o FMI sugere um recuo de até 9,1%. O relatório de mercado mais recente publicado pelo Banco Central, que reúne a opinião de analistas do setor financeiro privado, também registra expectativa de queda – um encolhimento de 6,51% na previsão publicada na segunda-feira (13).

    Os dados negativos refletem a crise econômica deflagrada em meio à pandemia do novo coronavírus no Brasil. O país é atualmente o segundo mais impactado pela doença no mundo, com quase 1,9 milhão de infectados e mais de 72 mil mortes causadas pela COVID-19, segundo os dados do Ministério da Saúde brasileiro.

    Tema:
    Brasil combatendo pandemia do coronavírus em meados de julho (47)

    Mais:

    COVID-19: com retração de 8% do Brasil, Banco Mundial projeta maior colapso em 150 anos
    COVID-19: FMI prevê queda de 9,1% da economia brasileira em meio à pandemia
    Tags:
    COVID-19, IBGE, Ministério da Saúde, FGV, Banco Central, PIB, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar