09:41 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Pandemia do coronavírus no Brasil no início de julho (50)
    156010
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta terça-feira (7) que o seu resultado para COVID-19 deu positivo.

    Na última segunda-feira (7) o presidente afirmou que havia tido sintomas como febre e tosse, além de ter realizado uma chapa do pulmão, que, segundo ele, teria mostrado que o pulmão estava limpo

    "Eu tive mal-estar, febre, um pouco de cansaço, e confesso que se eu tivesse tomado cloroquina de uma forma preventiva, estaria muito bem, sem esboçar qualquer reação", disse Bolsonaro.

    Hoje, ao falar com alguns jornalistas no Palácio do Planalto, o presidente declarou estar "perfeitamente bem" e disse que tomou cloroquina, medicamento que Bolsonaro vem defendendo para tratar a COVID-19. Não há nenhuma comprovação científica da eficácia do remédio contra o coronavírus. 

    "Estou bem, estou normal, em comparação a ontem, estou muito bem. Estou até com vontade de fazer uma caminhada, mas, por recomendação médica, não farei", acrescentou.

    ​O presidente participou de uma série de eventos no último fim de semana e esteve em contato próximo com o embaixador dos EUA no Brasil durante as comemorações da Independência dos EUA em 4 de julho.

    Jair Bolsonaro já havia testado negativo para o novo coronavírus após levantar suspeitas com o diagnóstico positivo de vários assessores depois de uma visita à propriedade de Mar-a-Lago, na Flórida, do presidente dos EUA, Donald Trump, em março.

    Tema:
    Pandemia do coronavírus no Brasil no início de julho (50)

    Mais:

    Bolsonaro está com sintomas de COVID-19, diz site
    Bolsonaro diz que pulmões estão 'limpos' após testar para COVID-19
    Bolsonaro veta obrigatoriedade de uso de máscaras em prisões
    Tags:
    exame, novo coronavírus, Jair Bolsonaro, Bolsonaro, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar