20:09 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Pandemia do coronavírus no Brasil no início de julho (50)
    0 90
    Nos siga no

    A empresa chinesa SinoVac informou nesta segunda-feira (6) estar iniciando os testes da fase 3 de sua vacina contra o novo coronavírus.

    Com o anúncio, a companhia torna-se uma das três empresas a avançar aos estágios finais do desenvolvimento da imunização contra a doença, informou Reuters.

    A vacina será testada no Brasil, em um estudo liderado pelo Instituto Butantan, vinculado ao governo do estado de São Paulo. Na sexta-feira (3), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a realização dos testes.

    Pelo menos nove mil voluntários participarão dos testes, que serão realizados em 12 centros de pesquisa localizados, além de São Paulo, em mais quatro estados e no Distrito Federal.

    Outras duas vacinas experimentais também estão sendo testadas no Brasil. Uma delas, da empresa AstraZeneca, desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Oxford, já está sendo testada no Brasil, em um estudo liderado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), estaria entrando em estágio final da pesquisa. A vacina da empresa Sinopharm também é forte candidata para a fase três.

    A fábrica da SinoVac está em fase de obras e deverá ficar pronta até o final do ano. As instalações farmacêuticas serão capazes de produzir até 100 milhões de doses anuais do medicamento.

    Tema:
    Pandemia do coronavírus no Brasil no início de julho (50)

    Mais:

    Vacina chinesa contra a COVID-19 mostra resultados positivos, diz farmacêutica
    Três protótipos russos de vacina contra COVID-19 demonstram eficácia nos testes
    Trump diz que EUA terão vacina para COVID-19 ainda em 2020 e promete derrotar 'esquerda radical'
    Tags:
    Brasil, vacina, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar