03:23 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Incêndio devora Museu Nacional do Brasil (17)
    0 02
    Nos siga no

    O fogo que consumiu o Museu Nacional começou em um aparelho de ar condicionado no primeiro andar, afirma investigação da Polícia Federal encerrada nesta segunda-feira (6).

    No dia 2 de setembro de 2018, um incêndio destruiu o prédio do Museu Nacional, instituição ligada à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Construído pelo traficante de escravos Elias Antônio Lopes no início do século XIX, o edifício já havia abrigado a família real portuguesa e tinha coleções de destaque internacional em campos como história natural e antropologia. 

    A PF não acredita que o incêndio tenha sido criminoso e descarta omissão dos gestores, informa a Agência Brasil. 

    A investigação também ressalta que o Corpo de Bombeiros começou uma fiscalização no Museu Nacional, mas ela não foi concluída. Também houve uma tratativa com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para realizar reformas, mas o incêndio ocorreu antes da liberação dos recursos. 

    Tema:
    Incêndio devora Museu Nacional do Brasil (17)

    Mais:

    MEC vai transferir R$ 8,5 milhões para o Museu Nacional
    UFRJ celebra contrato para obras emergenciais no Museu Nacional
    Museu Nacional batalha por R$ 100 milhões no orçamento de 2019
    Um ano após tragédia no Museu Nacional, incertezas e esperanças
    Tags:
    Polícia Federal, UFRJ, Museu Nacional
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar