14:21 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Pandemia do coronavírus no Brasil no início de julho (50)
    102
    Nos siga no

    O Rio de Janeiro iniciou uma nova fase de reabertura do comércio em meio à pandemia da COVID-19 com exigência de regras a serem cumpridas pela população e estabelecimentos.

    Na última quarta-feira (1º), o prefeito Marcelo Crivella anunciou o primeiro estágio da terceira etapa da reabertura, intitulada de "3A". A fase "3B" deve iniciar no dia 10 de julho.

    Com a nova etapa, bares e restaurantes poderão funcionar com metade da ocupação, e academias com um terço da capacidade. Atividades individuais em praias também foram liberadas.

    Crivella declarou ontem que a flexibilização ocorre por conta dos "bons resultados" apresentados pela Secretaria Municipal de Saúde, mas destacou que "não há nada que celebrar".

    "Não há nada que celebrar, mas estamos nessa luta desde março. Sem sombra de dúvida, a baixa demanda de leitos de UTI e de enfermaria e o número de óbitos, que está estabilizado, nos mostram que tivemos um pico tenebroso em maio e que, depois, caímos para os patamares dos dias atuais", disse Crivella.

    Entre as regras estabelecidas para a reabertura, foram exigidas normas como a higienização das mãos, disponibilidade de álcool 70%, uso obrigatório de máscara, manutenção da limpeza do ambiente de três em três horas, entre outras.

    O Rio de Janeiro é o segundo estado com mais número de mortes no Brasil por conta da COVID-19 (115.278 óbitos), ficando atrás apenas de São Paulo, que contabiliza 289.935 mortes.

    Tema:
    Pandemia do coronavírus no Brasil no início de julho (50)

    Mais:

    Justiça suspende flexibilização de isolamento no Rio de Janeiro
    Rio de Janeiro: sambódromo vira drive-thru para testes de COVID-19 em taxistas
    Prefeitura autoriza jogos com público no Rio de Janeiro a partir de 10 de julho
    Tags:
    pandemia, reabertura, Rio de Janeiro, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar