07:13 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Situação com coronavírus no Brasil no fim de junho (51)
    0 0 0
    Nos siga no

    Nesta segunda-feira (22), o secretário estadual de Saúde Fernando Ferry comunicou sua demissão do cargo e agradeceu ao governador Wilson Witzel a oportunidade de trabalhar na pasta.

    "Hoje [22] estou pedindo exoneração do meu cargo de secretário de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. Queria dizer que eu tentei. Eu agradeço ao governador por ter me dado esta oportunidade de tentar resolver estes graves problemas que estamos vendo na saúde. Eu só queria dizer mais uma coisa: peço desculpas à população. Mas a única coisa que eu tenho a falar: eu tentei. Obrigado e espero que vocês me desculpem", disse Ferry em um vídeo enviado ao Bom Dia Rio.

    Espera-se que a equipe que atuava com Ferry também deixe a pasta.

    ​Segundo apurou o portal G1, um dos motivos alegados para a demissão de Ferry foi a pressão que ele vinha sofrendo para continuar pagando contratos firmados suspeitos durante a pandemia.

    Entre os acordos que têm sido alvo de investigações, estão os de construção dos hospitais de campanha para atender a pacientes com coronavírus e os de aquisição de equipamentos de saúde, suspeitos de um esquema de superfaturamento na compra de respiradores.

    O novo secretário de Saúde do Rio, segundo fontes do governo, será o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Alex da Silva Bousquet, de 43 anos.

    Tema:
    Situação com coronavírus no Brasil no fim de junho (51)

    Mais:

    Brasil já passa de 1 milhão de infectados pela COVID-19
    Superintendente da Saúde do RJ é preso por compra irregular de respiradores
    Veículos de comunicação do Brasil fazem parceria pela transparência dos dados sobre COVID-19
    Tags:
    novo coronavírus, pandemia, COVID-19, Wilson Witzel, SUS - Sistema Único de Saúde, Ministério da Saúde, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar