20:47 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    6916
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro publicou uma série de mensagens nesta terça-feira (16) e disse que não pode "assistir calado enquanto direitos são violados e ideias são perseguidas".

    As declarações do presidente foram feitas através do Twitter.

    ​A afirmação de Bolsonaro foi dita depois que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes ter determinado a quebra de sigilo bancário de congressistas e aliados ao governo.

    ​​Bolsonaro também diz que tomará todas as medidas legais para proteger a Constituição pois não pode "fingir naturalidade" em meio "ao que está acontecendo".

    Na manhã desta terça-feira (16), a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão no inquérito que investiga atos que pediam intervenção militar e fechamento do Congresso e do STF.

    Mais:

    Ativista do movimento 300 do Brasil, Sara Winter, é presa pela PF em Brasília
    PF cumpre mandados de busca e apreensão contra atos antidemocráticos
    'Lembra Alemanha Nazista': Gilmar Mendes defende punição para manifestações antidemocráticas
    Sem mandante: Justiça de Minas Gerais arquiva caso da facada contra Bolsonaro em 2018
    Retomada econômica só virá com pacto entre governo, iniciativa privada e sociedade, diz especialista
    Tags:
    Supremo Tribunal Federal (STF), crise política, democracia, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar