10:31 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil e COVID-19 em meados de junho (41)
    0 10
    Nos siga no

    A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) divulgou uma nota nesta terça-feira (16) em que se diz contrária ao uso dos medicamentos cloroquina e hidroxicloroquina para o tratamento de crianças com suspeita de infecção com o novo coronavírus.

    Na segunda-feira (15), o Ministério da Saúde anunciou novo protocolo para a indicação de cloroquina e hidroxicloroquina para crianças e gestantes. Segundo a pasta, a prescrição do medicamento fica a critério do médico, e é necessária a vontade declarada do paciente. No caso de pacientes pediátricos ou incapacitados, é necessário o termo de consentimento livre e esclarecido assinado pelos pais ou responsáveis legais.

    No posicionamento, a SBP classifica como inadequada a prescrição dessas substâncias para crianças e adolescentes diante da "inexistência de evidências consistentes e reconhecidas pela comunidade científica como válidas".

    "A ausência dessas evidências sólidas impede o uso seguro dessas drogas, seja por que não há confirmação sobre seus efeitos terapêuticos positivos contra a COVID-19, seja por que ainda não foram mensurados com exatidão seus possíveis efeitos colaterais", diz a nota da entidade.

    Segundo a organização, a recomendação é válida para qualquer quadro, tanto de sintomas leves quanto manifestações graves.

    "Para a SBP, a prevenção e o combate à COVID-19 no Brasil devem ser conduzidos à luz do que a Ciência tem orientado sob o risco de expor a população e os profissionais da saúde a situações de risco, com desdobramentos que podem comprometer o bem-estar e a vida", escreveu.

    Tema:
    Brasil e COVID-19 em meados de junho (41)

    Mais:

    Trump: EUA continuarão enviando hidroxicloroquina ao Brasil mesmo após veto de agência sanitária
    Médico avalia doação de cloroquina dos EUA ao Brasil
    Com recorde de infecções em 24h, Brasil ultrapassa as 45 mil mortes pela COVID-19
    MP que permite reduções de jornada e salário e suspensão de contratos é aprovada pelo Senado
    Tags:
    remédio, crianças, medicamentos, medicamento, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar