17:00 19 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    O Ministério da Saúde lançou nesta sexta-feira (12) a Campanha Nacional de Doação de Sangue 2020.

    A pasta pretende manter as doações durante o período da pandemia do novo coronavírus, estabelecendo medidas de distanciamento social e de higiene nos hemocentros de todo o país, informou Agência Brasil.

    Segundo o ministério, doações são necessárias para manter os estoques de sangue para atendimentos de emergência, cirurgias de grande porte e tratamento de pessoas com doenças crônicas. De acordo com os dados apresentados, 2020 é o 4° ano de queda no número de doações.

    Segundo Rodolfo Duarte, coordenador de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, medidas estão sendo adotadas para evitar a contaminação pela COVID-19 nos locais de coleta.

    "Agradeço a toda população brasileira que ajudou ao longo desses anos e peço a colaboração para que continue comparecendo ao hemocentro porque é seguro. Nós garantimos a segurança com todas as medidas que estão sendo tomadas em todos os estados para receber vocês em segurança e para que vocês tragam essa segurança para aquelas pessoas que precisam dentro dos hospitais e nos ambulatórios de tratamento", disse Duarte.

    De acordo com o ministério, 1,6% da população brasileira (16 a cada mil habitantes) doa sangue. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que 1% da população seja doadora.

    A campanha será veiculada no rádio, na televisão e na Internet, por ocasião do Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado em 14 de junho.

    Mais:

    Ministério da Saúde cria nova plataforma para acompanhamento dos casos de COVID-19 no Brasil
    Quantidade de açúcar no sangue poderia determinar comportamento do coronavírus, diz cientista
    Tags:
    Ministério da Saúde, sangue, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar