22:52 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1120
    Nos siga no

    O governo federal revogou nesta terça-feira (9) portaria que autorizava a retirada de R$ 83,9 milhões do Bolsa Família no Orçamento da União para repassar os recursos ao órgão que cuida da publicidade governamental.

    A portaria número 13.474, publicada em 2 de junho de 2020, autorizava a transferência dos recursos do programa de transferência de renda para a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), do ministro Fábio Wajngarten.

    Seis propostas de decreto legislativo de deputados federais foram apresentadas para tentar sustar a portaria do governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

    Em nota obtida pela Agência Câmara na última sexta-feira (5), a Secretaria de Governo da Presidência da República afirmou que o remanejamento não implicaria o não pagamento de nenhuma família carente. No texto, o ministro-chefe da secretaria, Luiz Eduardo Pereira, afirmou que a portaria era um "ajuste rotineiro" na gestão econômica.

    Mais:

    Trump comenta contato com Wajngarten, infectado pelo coronavírus: 'Não estou preocupado'
    Secom diz que não há 'indicativo de câncer de pele' em Bolsonaro
    Comissão de Ética da Presidência decide arquivar denúncia contra Wajngarten
    MPF pede inquérito contra chefe da Secom
    Tags:
    pobreza, comunicação, Jair Bolsonaro, Bolsa Família
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar