18:25 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil enfrenta COVID-19 no início de junho (52)
    0 161
    Nos siga no

    A Universidade de São Paulo (USP) anunciou que está desenvolvendo uma vacina por spray nasal contra o novo coronavírus.

    A equipe da universidade desenvolveu uma nanopartícula a partir de uma substância natural e, dentro dela, foi inserida uma proteína do vírus.

    De acordo com um comunicado divulgado pelo governo de São Paulo nesta segunda-feira (8), o modelo de imunização já foi testado, com resultados positivos, em camundongos contra a hepatite B. Os pesquisadores estimam que a vacina custe em torno de R$ 100.

    A substância resultante é aplicada em forma de spray nas narinas do paciente. A nanopartícula criada pelos pesquisadores e utilizada na construção da vacina permite que a substância permaneça na mucosa nasal por até quatro horas, tempo suficiente para ser absorvida e iniciar uma reposta do sistema imunológico.

    Para garantir a imunização, serão necessárias quatro doses, duas em cada narina, a cada 15 dias.

    Virologistas e imunologistas do Instituto de Ciências Biomédicas, especialistas em nanotecnologia do Instituto de Química da USP, pesquisadores da Plataforma Científica Pasteur-USP, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), além de uma startup estão envolvidos no projeto.

    Tema:
    Brasil enfrenta COVID-19 no início de junho (52)

    Mais:

    COVID-19: Brasil apresenta 'evolução' para ter acesso a desenvolvimento de vacina, diz especialista
    Brasil inicia testes com possível vacina contra COVID-19 desenvolvida em Oxford
    Possível saída do Brasil da OMS pode dificultar compra de vacinas e remédios, diz especialista
    Tags:
    Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo (USP), Brasil, vacina, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar