23:19 27 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil combatendo pandemia da COVID-19 no fim de maio (42)
    5297
    Nos siga no

    Com o acréscimo de 20.803 novos casos nas últimas 24 horas, o Brasil ultrapassou a Rússia e agora é o segundo país com mais infectados pelo novo coronavírus no mundo, atrás apenas dos EUA, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (22).

    O país agora tem um total de 330.890 pessoas contaminadas, ante os 326.448 casos confirmados na Rússia, e apenas atrás do número de infecções verificadas nos Estados Unidos (1.598.631), segundo o levantamento da Universidade Johns Hopkins.

    Nas últimas duas semanas, o Brasil pulou da sétima para a segunda colocação entre os países com mais casos do novo coronavírus.

    Já o número de mortes também não para de crescer no Brasil. O total atingiu os 21.048 óbitos após o registro de 1.001 novas vítimas fatais, conforme informou o Ministério da Saúde. O dado põe o país na sexta posição no planeta, atrás de EUA (95.533), Reino Unido (36.475), Itália (32.616), Espanha (28.618) e França (28.218).

    Entre os estados, São Paulo continua na frente com 76.871 diagnósticos e 5.773 mortes, seguido pelo Ceará (34.573 infecções e 2.251 mortes) e Rio de Janeiro (33.589 casos e 3.657 óbitos).

    Já o número de recuperados no país é de 135.430 pacientes (40,9%).

    Mais cedo nesta sexta-feira (22), a Organização Mundial da Saúde (OMS) colocou a América do Sul como "um novo epicentro" da pandemia da COVID-19, sendo o Brasil a nação mais afetada.

    Tema:
    Brasil combatendo pandemia da COVID-19 no fim de maio (42)

    Mais:

    Doria culpa Bolsonaro por baixo isolamento: 'Coronavírus x Bolsonaro vírus, não sei qual é pior'
    Biotecnológica dos EUA anuncia testes bem-sucedidos em humanos de vacina contra coronavírus
    Novos casos de coronavírus na China apontam que vírus poderia estar mudando de forma desconhecida
    Tags:
    pandemia, OMS, Universidade Johns Hopkins, vírus, saúde, Ministério da Saúde, novo coronavírus, COVID-19, Rússia, Estados Unidos, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar