04:27 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil luta com pandemia em meados de maio (78)
    0 53
    Nos siga no

    Funcionários que trabalham no hospital de campanha do Maracanã, no Rio de Janeiro, denunciaram que novos ventiladores respiratórios foram retirados da unidade nesta sexta-feira (15).

    Segundo os profissionais, mais da metade dos equipamentos foram transferidos devido a inauguração do hospital de campanha em São Gonçalo, município do Rio de Janeiro.

    "A gente recebeu a notícia de que todos os ventiladores novos iam ser levados para o hospital de campanha de São Gonçalo, porque lá ia ser inaugurado", disse uma funcionária, citada pelo portal G1.

    "A gente até não acreditou que ia ser verdade, mas na parte da tarde o coordenador foi lá e levou 20 dos ventiladores novos que nós recebemos. Foram em torno de 29 ventiladores no total, aí ele levou 20", completou.

    Os funcionários dizem que os ventiladores já estavam em uso.

    "Tínhamos pacientes que estavam já com esses ventiladores, recebendo tratamento, e foram colocados aparelhos mais antigos, que têm uma limitação de recursos", afirmou.

    O hospital de campanha do Maracanã começou a funcionar no dia 9 de maio e tem capacidade para 400 leitos, mas só 170 estão funcionando, 50 deles são de UTI.

    A funcionária ouvida pelo portal, afirma que no Maracanã tem "muito paciente indo a óbito".

    "A gente já sabe que a COVID-19 é uma doença que tem uma mortalidade alta, mas assistir a pacientes morrendo porque a gente não conseguiu dar o devido atendimento é bastante doído", disse.

    O hospital de campanha de São Gonçalo, na Região Metropolitana, vai ser inaugurado neste domingo (17).

    Tema:
    Brasil luta com pandemia em meados de maio (78)

    Mais:

    Witzel chama Bolsonaro de 'irresponsável' e pede desculpas por ter apoiado presidente
    Uso de máscaras se torna obrigatório no Rio de Janeiro
    São Paulo vai usar Pacaembu e Anhembi como hospitais de campanha para atender pacientes com COVID-19
    Tags:
    Maracanã, Brasil, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar