14:46 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    2152
    Nos siga no

    José Vilar Godoy Horta, um dos primeiros nomeados pela secretária nacional de Cultura do governo federal, Regina Duarte, foi exonerado do cargo nesta sexta-feira (15).

    A exoneração de Pedro José Vilar Godoy Horta do cargo de secretário especial adjunto da Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania foi citada na edição Extra do Diário Oficial da União. A exoneração foi assinada por Braga Netto, ministro-chefe da Casa Civil, conforme cita o portal G1.

    Regina Duarte havia nomeado os primeiros integrantes de sua equipe, entre eles o advogado Pedro Machado Mastrobuono, que assumiu a presidência do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), e Godoy Horta, que assumiu a chefia do gabinete da secretária. 

    Jair Bolsonaro se encontra com a secretária nacional de Cultura do governo federal Regina Duarte
    © Foto / Carolina Antunes/Divulgação/Palácio do Planalto
    Jair Bolsonaro se encontra com a secretária nacional de Cultura do governo federal Regina Duarte

    Além deles, Regina Duarte também nomeou o professor de gestão cultural Aldo Luiz Valentim, como secretário de Economia Criativa, Alessandra da Silva Martins, como chefe da Secretaria de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual, e Caio Fagundes Kitade, chefe da Secretaria de Difusão e Infraestrutura Cultural.

    O substituto para assumir o cargo ainda não foi escolhido. A decisão até o momento não foi comentada por Regina Duarte.

    Mais:

    Palácio do Planalto cancela nomeação de secretária indicada por Regina Duarte
    Regina Duarte ganha #ForaRegina antes mesmo de assumir Secretaria da Cultura
    Mais de 500 artistas assinam manifesto contra Regina Duarte: 'Não nos representa'
    Tags:
    ministros, política, Regina Duarte, exoneração, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar