04:26 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil luta com pandemia em meados de maio (78)
    417
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a reabertura da economia nesta quinta-feira (14) e disse estar "pronto para conversar" com governadores sobre medidas de combate à COVID-19.

    Ao falar com jornalistas na saída do Palácio do Alvorada nesta manhã, Bolsonaro fez um apelo aos governadores para rever as estratégias de isolamento social durante a pandemia do coronavírus.

    "Um apelo que faço aos governadores. Revejam essa politica. Estou pronto para conversar. Vamos preservar a vida? Vamos. Mas, dessa forma, o preço lá na frente serão centenas de mais vidas que vamos perder por causa dessas medidas absurdas de fechar tudo", afirmou Bolsonaro.

    O presidente Jair Bolsonaro adotou na última segunda-feira (11) um decreto que amplia a lista de serviços considerados essenciais durante a pandemia do novo coronavírus, incluindo academias esportivas, salões de beleza e barbearias. A maioria dos governadores, no entanto, decidiu ignorar o decreto do presidente, optando por manter as restrições. 

    Bolsonaro afirmou que lamenta as mortes por conta da COVID-19, mas alegou que haverá mais mortes se a as medidas de isolamento forem mantidas.

    "Temos que ter coragem de enfrentar o vírus. Está morrendo gente? Está! Lamento! Mas vai morrer muito mais se a economia continuar sendo destroçada por essas medidas", afirmou o presidente.

    "Essa história de lockdown, vão fechar tudo, não é esse o caminho. Esse é o caminho do fracasso, [vai] quebrar o Brasil. Governador, prefeito, que porventura entrou nessa onda lá atrás, faça como eu já fiz alguma vez na minha vida: se desculpa e faz a coisa certa", acrescentou.

    O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que estados e municípios têm autonomia para definir as medidas de isolamento social sem a interferência do governo federal.

    Tema:
    Brasil luta com pandemia em meados de maio (78)

    Mais:

    Bolsonaro contraria ministro e diz que não se referiu à Polícia Federal em reunião
    Bolsonaro deveria exibir gastos com cartões corporativos para evitar novas polêmicas, diz economista
    Testes entregues por Bolsonaro ao STF mostram resultado negativo para COVID-19
    Tags:
    economia, isolamento, Jair Bolsonaro, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar