22:18 23 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    161244
    Nos siga no

    O ex-deputado Roberto Jefferson publicou mensagens neste sábado (9) sobre o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e criticas à China.

    Delator do mensalão e antigo defensor de Fernando Collor, Jefferson afirmou que o presidente precisa, "para atender o povo e tomar as rédeas do governo", ter duas ações: "demitir e substituir" os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e cassar "todas as concessões de rádio e TV das empresas concessionárias GLOBO".

    Presidente nacional do PTB, partido do centrão, bloco que negocia aproximação com Bolsonaro, o ex-deputado também criticou a decisão do STF de barrar a expulsão de diplomatas da Venezuela. Sobre a Globo, diz que Bolsonaro é alvo de "campanha infame" feita por "sodomitas, autores e diretores das novelas inspiradas em Sodoma e Gomorra".

    O líder do centrão também escreveu, sem provar suas acusações, que o Partido Comunista Chinês "exportou o coronavírus para o mundo ocidental, agora exporta respiradores artificiais defeituosos para os países."

    A série de conselhos ao presidente da República termina com uma foto de Jefferson empunhando um fuzil:

    Mais:

    Desmatamento na Amazônia sobe enquanto Bolsonaro envia tropas para seu combate
    Manaus 'marca posição' e expõe Bolsonaro ao buscar ajuda internacional, diz analista
    Bolsonaro é principal ameaça ao combate da COVID-19 no Brasil, diz editorial de revista científica
    COVID-19: em dia de recorde de mortes, Bolsonaro faz piadas e 'confirma' 3 mil em churrasco
    Bolsonaro vive 'grande ilusão', diz analista sobre pressão por retomada da economia
    Tags:
    centrão, Roberto Jefferson, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar