04:26 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil no combate ao coronavírus no início de maio (66)
    1230
    Nos siga no

    Segundo balanço do Ministério da Saúde divulgado neste sábado (2), Brasil tem 6.750 mortes e 96.559 casos confirmados da COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus.

    Na sexta-feira (1º), a pasta contabilizava 6.329 óbitos, um aumento de 421. Em relação aos casos, o número anterior era de 91.598, uma alta de 4.970 novos casos. A taxa de letalidade é de 7%.

    O balanço do governo não reflete fielmente o atual cenário da doença, pois os testes demoram cerca de duas semanas a ficarem prontos. 

    Além disso, o país não consegue realizar testagem em massa e a orientação do governo é para que apenas pacientes com sintomas mais agudos procurem os hospitais. Por isso, pode haver uma subnotificação de casos e a taxa de letalidade ser menor. 

    País vai superar marca de 100 mil casos

    Se o padrão permanecer, no domingo o país pode ultrapassar 100 mil casos e deve passar de 7 mil mortes pela enfermidade.

    Apenas oito países têm mais de 100 mil casos da COVID-19: EUA, Itália, França, Espanha, Alemanha, Reino Unido, Rússia e Turquia, segundo mapa virtual da Universidade John Hopkins. 

    De acordo com o Ministério da Saúde, 48.872 casos estão em acompanhamento e 40.937 pessoas estão recuperadas da doença. Além disso, 1.130 óbitos estão em investigação. 

    São Paulo é o estado mais atingido pela epidemia do coronavírus, com 31.174 casos e 2.586 mortes. 

    Em seguida, aparecem Rio de Janeiro, com 10.546 casos e 971 mortes; Ceará, com 8.309 casos e 638 óbitos; Pernambuco, com 8.145 casos e 628 vítimas fatais; e Amazonas, com 6.062 casos e 501 mortes. 

    Tema:
    Brasil no combate ao coronavírus no início de maio (66)

    Mais:

    Manifestantes a favor de Bolsonaro e Moro se aglomeram em frente à PF, em Curitiba
    Bolsonaro vai ao shopping em Goiás, causa aglomeração e diz que não há como 'fugir' do vírus (VÍDEO)
    Justiça suspende determinação que obrigava Bolsonaro a entregar exames de coronavírus
    Tags:
    Universidade John Hopkins, mortes, casos, Ministério da Saúde, saúde, doença, COVID-19, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar