04:33 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    13237
    Nos siga no

    As bancadas do PT na Câmara dos Deputados e no Senado Federal passaram nesta terça-feira (21) a defender a saída de Jair Bolsonaro da Presidência da República.

    O novo posicionamento tem o aval do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que se reuniu em videoconferência com os congressistas do partido mais cedo.

    Até então, o partido ainda não havia se posicionado de forma unificada pela saída de Bolsonaro.

    "As bancadas do PT na Câmara e no Senado querem uma campanha por mudanças institucionais e políticas para garantir a democracia no país, em defesa da vida e contra a manutenção de Jair Bolsonaro à frente do governo", diz a nota publicada na página do partido.

    A participação de Bolsonaro na manifestação que pedia intervenção militar no último domingo (19) foi um dos motivos que levou à mudança no posicionamento do partido.

    "Bolsonaro e seu governo não estão à altura para comandar o país, não têm propostas para proteger o povo da epidemia, nem para fazer com que a economia sobreviva após a crise", destacou a presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR).

    Mais:

    PT reage à decisão de procurador e diz que somente em 'ditaduras' partidos tiveram registro cassado
    'Estejam preparados para dias difíceis no Brasil', diz Lula na Alemanha
    Bolsonaro é um 'perigo' não só para o Brasil, mas para o mundo, diz Lula
    Tags:
    Brasil, impeachment, Jair Bolsonaro, Luiz Inácio Lula da Silva
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar