19:34 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil lidando com COVID-19 em meados de abril de 2020 (77)
    16186
    Nos siga no

    A Câmara dos Deputados, por meio da Mesa Diretora, encaminhou à Presidência da República uma solicitação para que o presidente Jair Bolsonaro torne públicos os exames que fez para saber se teria sido infectado pelo novo coronavírus.

    Segundo informações da Agência Câmara, caberá ao chefe da Secretaria-Geral da Presidência, ministro Jorge Oliveira, cumprir a determinação, sob pena de cometer crime de responsabilidade se não o fizer, conforme determina a Constituição Federal.

    O autor do pedido é o deputado federal Rogério Correia (PT-MG). Ele foi aprovado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com apoio da Mesa Diretora. Próximo ao governo Bolsonaro, relator do requerimento e 1º vice-presidente da Casa, o deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP) também recomendou a aprovação.

    "O Brasil precisa da verdade. O presidente foi infectado? Por se tratar do presidente e este ser o mandatário maior da República, é fundamental que esta informação seja de domínio público", argumentou o parlamentar petista em seu pedido.

    Correia relembrou que mais de 20 integrantes da comitiva de Bolsonaro que esteve nos EUA em março testaram positivo para a COVID-19. No caso do presidente, contudo, só restou a palavra dele, garantindo que os exames deram negativo, mas sem tornar públicos os resultados.

    Nesta semana, pelo menos dois governadores – Wilson Witzel (PSC), do Rio de Janeiro, e Helder Barbalho (MDB), do Pará – anunciaram que testaram positivo para o novo coronavírus. Ambos informaram que estavam bem e que cumpririam o isolamento social, recomendando que a população siga fazendo o mesmo.

    Pouco depois do anúncio de que membros da comitiva brasileira testaram positivo para COVID-19, o presidente dos EUA, Donald Trump, passou por exames e tornou público o resultado negativo.

    Tema:
    Brasil lidando com COVID-19 em meados de abril de 2020 (77)

    Mais:

    Mandetta alfineta Bolsonaro: brasileiro não 'sabe se escuta' o ministro ou o presidente
    Bolsonaro veta uso de celulares para monitorar isolamento social no Brasil
    'Desastre': rival de Bolsonaro, Doria vê risco à saúde do Brasil se Mandetta sair
    Tags:
    política, COVID-19, saúde, Marcos Pereira, Rodrigo Maia, testes, novo coronavírus, Donald Trump, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar