00:21 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil lidando com COVID-19 em meados de abril de 2020 (77)
    1100
    Nos siga no

    O governador do estado do Pará, Helder Barbalho, anunciou no início da noite desta terça-feira (14) que testou positivo para o novo coronavírus, horas depois de outro governador brasileiro também ter anunciado a sua infecção pela doença.

    Barbalho usou as suas redes sociais para anunciar que testou positivo para COVID-19.

    "Como vocês sabem, parte da minha equipe deu positivo para o coronavírus. No último sábado eu fiz exame e deu inconclusivo e depois fizemos uma contraprova, no Instituto Evandro Chagas, e deu negativo. Mas eles recomendaram que eu fizesse um novo teste nesta terça-feira e o meu teste deu positivo. Portanto, quero informar a população paraense que eu estou com coronavírus", declarou.

    De acordo com o governador, filho do ex-senador Jader Barbalho, ele não está com sintomas do coronavírus, porém mesmo assim ele segue isolado e pediu que a população permaneça em isolamento social, permanecendo em casa e evitando o contágio pela COVID-19.

    "Mas quero, ao mesmo tempo, tranquilizar. Eu estou super bem, estou assintomático, não tenho qualquer sintoma, tenho trabalhado desde sexta-feira [10] de casa. A Daniela [esposa do governador] e as crianças estão bem. Quero aproveitar para pedir para você: fique em casa. Este vírus é extremamente contagioso, ele não escolhe idade, ele não escolhe classe social. Todo mundo está exposto e todo mundo pode pegar. Por isso eu faço o apelo a você, fique em casa e vamos juntos vencer o coronavírus. Quem ama cuida e quem cuida fica em casa", finalizou.

    O Pará possui até o momento 17 mortes pelo coronavírus, enquanto outros 310 casos já foram confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde Pública do estado (Sespa).

    Mais cedo, o governador do estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, também anunciou em suas redes sociais que testou positivo para a COVID-19.

    Tema:
    Brasil lidando com COVID-19 em meados de abril de 2020 (77)

    Mais:

    Mourão critica declaração de Mandetta: 'Falta grave'
    Chefe da ONU alerta para 'epidemia de desinformação' sobre o coronavírus
    Brasil e México adotam postura 'negacionista' diante da pandemia, diz analista
    Tags:
    infecção, isolamento, saúde, novo coronavírus, COVID-19, Helder Barbalho, Pará, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar