01:26 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2020 (99)
    222614
    Nos siga no

    A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM) pediu para que a Organização das Nações Unidas e para que a Organização Mundial da Saúde tomem providências contra o presidente Jair Bolsonaro.

    O documento assinado pelo presidente da comissão, Helder Salomão (PT-ES), e os vices: Padre João (PT-MG), Túlio Gadelha (PDT-PE), Camilo Capiberibe (PSB-AP) foi enviado ao diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom Ghebreyesus, para a Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, para o presidente da CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos), Joel Hernández García, e para os relatores especiais para direito à saúde, à liberdade expressão e dos direitos das pessoas idosas.

    O ofício lista algumas declarações de Bolsonaro que supostamente teriam minimizado os efeitos da pandemia da COVID-19. As informações foram publicadas no site da Câmara dos Deputados.

    O relatório ressalta que "o Presidente da República Federativa do Brasil flerta com o risco de um genocídio e menospreza a possibilidade de óbito de idosos. Nenhum cidadão, muito menos um mandatário, pode usar a liberdade de expressão para desinformação e para colocar em situação de risco a saúde e a vida de mais de 200 milhões de pessoas".

    Tema:
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2020 (99)

    Mais:

    Por 'expor' brasileiros à COVID-19, juristas denunciam Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional
    Presidente do STF se declara contra punição de pessoas por furar isolamento
    Brasil tem mais de 12 mil casos de coronavírus, informa Ministério da Saúde
    Mandetta diz que vai continuar no governo e volta a falar que 'não abandona paciente'
    Tags:
    novo coronavírus, COVID-19, Câmara dos Deputados, denúncia, OMS, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar